Kaspersky Lab: 35% das empresas não usam criptografia para proteger dados

Por Redação | 26 de Setembro de 2013 às 07h40
photo_camera Seu Micro Seguro

Se você acha que segurança e criptografia já é assunto batido no mundo corporativo, pode repensar essa ideia. Uma pesquisa da Kaspersky Lab feita em associação com a B2B International revela que 35% das empresas ainda não utilizam tecnologias de criptografia. A pesquisa foi realizada em novembro de 2012 com mais de cinco mil gerentes sênior de TI no mundo todo.

Segundo os dados do estudo, uma boa parcela das empresas ainda não presta atenção suficiente às práticas corporativas de segurança da informação.

Com os recentes escândalos de espionagem e vazamento de dados relacionados à Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA), o assunto volta à tona e evidencia sua importância, principalmente no universo corporativo.

Espionagem e vazamentos de dados são uma grave ameaça a qualquer empresa que quer manter seus dados e planos em segredo. Ainda assim, uma grande porcentagem delas ignora as práticas de segurança e deixa de proteger suas informações críticas com a implementação de um software de segurança.

A criptografia em nível de Arquivos e Pastas (FLE) e a criptografia de disco completo (FDE) são capazes de ocultar o conteúdo do disco rígido e proteger de forma confiável arquivos e pastas críticas. Para quebrar essa segurança, seria necessário muito tempo e poder de computação, o que torna esse tipo de ataque muitas vezes proibitivo e cansativo demais para ser descriptografado.

Ainda assim, apesar das vantagens óbvias, 34% das empresas não usam a FLE e 17% não planejam utilizar no futuro. Os números referentes à FDE são semelhantes: 36% e 18%, respectivamente.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.