Instabilidade econômica e ameaças virtuais são grandes perigos para empresas

Por Redação | 08 de Novembro de 2012 às 15h16

De acordo com uma recente pesquisa realizada pela B2B International em colaboração com a Kaspersky Lab, as ameaças virtuais ficaram em segundo lugar na lista dos principais problemas enfrentados pelas empresas, estando atrás apenas das preocupações causadas pela instabilidade econômica.

O estudo entrevistou 3.300 representantes de empresas de 22 países do mundo todo, dentre eles o Brasil, que expressaram suas opiniões sobre as questões relacionadas à segurança de TI. Todos os respondentes estão envolvidos ativamente na tomada de decisões empresariais, inclusive as referentes à segurança.

Para 42% dos pesquisados, a importância dos problemas relacionados ao crime virtual deve aumentar no futuro. De acordo com os representantes das empresas, nos próximos dois anos as ameaças virtuais representarão o maior perigo corporativo, ultrapassando até mesmo o receio com os problemas econômicos.

Kaspersky Lab - Pesquisa - Gráfico

Ameaças virtuais são a segunda maior preocupação dos executivos

As estatísticas coletadas pela Kaspersky Lab indicam que as atividades virtuais criminosas estão em constante crescimento, o que confirma a apreensão e o receio dos executivos. Em 2011, a Kaspersky Lab detectou uma média de 70 mil novos programas maliciosos por dia; já em 2012, esse número aumentou para 125.000.

A quantidade de malware para dispositivos móveis, especificamente visando o sistema operacional móvel Android, está aumentando ainda mais rapidamente: esses códigos maliciosos registraram crescimento de 200% no ano passado. Estes números traduzem a relevância e a seriedade da situação, pois os dispositivos móveis são usados cada vez mais para acessar informações confidenciais na infraestrutura corporativa e, portanto, exigem controles e proteção especiais.

Os ataques direcionados à infraestrutura corporativa, como spams, vulnerabilidades de “dia zero” e scripts maliciosos representam outro problema sério para as empresas. Por isso, para repelir esses ataques, as companhias precisam implementar pacotes de segurança totalmente funcionais e proteger todos os elementos de suas infraestruturas de TI: estações dos funcionários, servidores de arquivos e de email, e dispositivos móveis.

O que mais preocupa os executivos é que já não basta apenas proteger o ambiente corporativo contra malware da forma mais eficiente possível. Outras medidas são cruciais para tentar garantir a segurança digital dentro das empresas. Por exemplo, o gerenciamento de softwares é essencial. Um banco de dados de aplicativos ‘legítimos’ com mais de meio bilhão de registros possibilita uma proteção mais eficaz por meio do método de Negação Padrão, que pode bloquear qualquer aplicação suspeita ou maliciosa.

Para saber mais sobre as vantagens do gerenciamento por listas brancas, acesse o site da Kaspersky Lab, que conta com informações detalhadas sobre as vantagens dessa tecnologia. Outras informações sobre os recursos e as vantagens das soluções corporativas da Kaspersky Lab estão disponíveis no portal da empresa.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!