Google vai oferecer sistema de criptografia para usuários do Gmail

Por Redação | 04.06.2014 às 12:18 - atualizado em 04.06.2014 às 16:27

Alguns acham que isso envolve apenas grandes segredos governamentais e informação sigilosa de caráter empresarial, mas a pergunta que não quer calar é: você colocaria uma carta no correio sem envelope? Pois tecnicamente é isso o que você faz quando envia um e-mail do modo convencional.

Não apenas e-mails, mas todo tipo de dado trafegado na rede pode ser interceptado, desde buscas no Google a históricos de navegação, que podem ser utilizados para os mais diversos fins, seja para te fazer propaganda indesejada ou até mesmo roubar suas informações a fim de lhe causar prejuízo.

E foi pensando nisso que o Google lançou uma extensão para o Google Chrome que facilita o processo de encriptação de mensagens aos usuários do Gmail. Chamada de End-to-End, a aplicação utiliza o padrão OpenPGP, o mais avançado sistema de criptografia disponível no momento, para proteger o conteúdo das mensagens.

O sistema funciona através de chaves assimétricas. Basicamente, ambos os usuários que querem trocar mensagens criptografadas devem encriptar a mensagem com a aplicação e fornecer uma "chave" pública que possa revelá-la. Assim, mesmo que a mensagem seja interceptada antes de chegar ao seu destino final, não será possível decifrar seu conteúdo.

O End-to-End ainda não está disponível na Chrome Store para o público, mas seu código fonte já está nas mãos de desenvolvedores e especialistas em criptografia para que eles possam testá-lo. O objetivo, segundo a empresa, é que os profissionais possam constatar a integridade e segurança do app antes dele chegar ao público. A expectativa é que o recurso seja disponibilizado para o público muito em breve.