Ex-diretor da NSA combate cybercrimosos no setor privado

Por Redação | 09.05.2014 às 17:24

O ex-general Keith Alexander, ex-diretor da National Security Agency (NSA), a agência estadunidense de inteligência e comunicação encriptada, deve ir para o território privado de combate a cybercrimosos.

Alexander está aposentado já há dois meses e foi bastante acionado durante o caso Edward Snowden, analista de informações que revelou a vigilância global de dados digitais que os Estados Unidos impõem em sigilo.

De acordo com informações do Politico, o ex-general agora deve usar seu conhecimento e experiência, além de seus aliados, em divisão da empresa Promontory Financial Group, especializada em consultoria finaceira.

"Ele trabalhará em aspectos técnicos e nós trabalharemos em gerenciamento de crises", adiantou o porta-voz da Promontory, Chris Winans.

"Depois de 40 anos no serviço militar e no governo, estou começando uma empreitada para ver em que posso ajudar com relação às ameaças digitais aos serviços finaceiros, seus clientes e bens", declarou Alexander.

O anúncio dividiu opiniões ao redor do globo: enquanto alguns veem com bons olhos a presença de alguém com tanto conhecimento sobre cybersegurança no setor privado, outros já teorizam a utilização de dados sigilosos secretamente para favorecer grupos.

Fonte: http://www.politico.com/story/2014/05/keith-alexander-nsa-edward-snowden-106515.html