Siga o @canaltech no instagram

Estudo: um em cada dez aplicativos na Google Play contém malware

Por Redação | 11 de Março de 2013 às 13h04
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Uma recente pesquisa sobre aplicativos Android comprovou que uma em cada dez aplicações disponíveis na Google Play contém malware. O malware é um conjunto de códigos maliciosos criados para infiltrar sistemas e roubar informações e dados pessoais dos usuários.

Baixe a versão gratuita do Avast para Android agora e garanta sua proteção

A pesquisa, publicada no blog de um analista de segurança chamado Rik Ferguson, analisou os aplicativos disponíveis para Android de outubro de 2012 até agora e classificou 293.091 apps como maliciosos, e 150.203 foram considerados de alto risco. Deste total, 68.740 estão disponíveis para download na Google Play, enquanto o restante é oferecido por lojas de terceiros que ficam, principalmente, na Rússia e na China.

Ferguson afirmou em nota que a Microsoft, por exemplo, levou 14 anos para ter esse volume de códigos maliciosos, enquanto o Android demorou menos de cinco anos para chegar a esse nível. A plataforma móvel do Google é mais vulnerável a malware e vírus por ser aberta e permitir que os usuários instalem novas aplicações a partir de outras lojas que não somente a oficial.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A nova versão do Android, o Android Jelly Bean 4.2, é mais segura e tem capacidade de impedir a ação de malware com mais sucesso do que suas versões anteriores. O problema é que a nova versão da plataforma está presente em uma pequena porcentagem dos aparelhos móveis com Android, algo em torno de 1,6%.

Por isso mesmo, uma das principais medidas que o usuário deve tomar é ter sempre um antivírus rodando no aparelho. Baixe a versão gratuita do Avast para Android agora e garanta sua proteção.

Em contrapartida, plataformas como o ecossistema fechado da Apple, o iOS, e o recente Windows Phone, da Microsoft, permanecem um pouco mais imunes aos ataques de malware através de aplicativos - os apps para iOS só podem ser baixados através da iTunes App Store. E o BlackBerry é considerado o sistema móvel mais seguro do mundo com suas medidas de proteção a malware.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.