Estudo: um em cada dez aplicativos na Google Play contém malware

Por Redação | 11 de Março de 2013 às 13h04

Uma recente pesquisa sobre aplicativos Android comprovou que uma em cada dez aplicações disponíveis na Google Play contém malware. O malware é um conjunto de códigos maliciosos criados para infiltrar sistemas e roubar informações e dados pessoais dos usuários.

Baixe a versão gratuita do Avast para Android agora e garanta sua proteção

A pesquisa, publicada no blog de um analista de segurança chamado Rik Ferguson, analisou os aplicativos disponíveis para Android de outubro de 2012 até agora e classificou 293.091 apps como maliciosos, e 150.203 foram considerados de alto risco. Deste total, 68.740 estão disponíveis para download na Google Play, enquanto o restante é oferecido por lojas de terceiros que ficam, principalmente, na Rússia e na China.

Ferguson afirmou em nota que a Microsoft, por exemplo, levou 14 anos para ter esse volume de códigos maliciosos, enquanto o Android demorou menos de cinco anos para chegar a esse nível. A plataforma móvel do Google é mais vulnerável a malware e vírus por ser aberta e permitir que os usuários instalem novas aplicações a partir de outras lojas que não somente a oficial.

A nova versão do Android, o Android Jelly Bean 4.2, é mais segura e tem capacidade de impedir a ação de malware com mais sucesso do que suas versões anteriores. O problema é que a nova versão da plataforma está presente em uma pequena porcentagem dos aparelhos móveis com Android, algo em torno de 1,6%.

Por isso mesmo, uma das principais medidas que o usuário deve tomar é ter sempre um antivírus rodando no aparelho. Baixe a versão gratuita do Avast para Android agora e garanta sua proteção.

Em contrapartida, plataformas como o ecossistema fechado da Apple, o iOS, e o recente Windows Phone, da Microsoft, permanecem um pouco mais imunes aos ataques de malware através de aplicativos - os apps para iOS só podem ser baixados através da iTunes App Store. E o BlackBerry é considerado o sistema móvel mais seguro do mundo com suas medidas de proteção a malware.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.