Dicas para descomplicar a gestão de dispositivos móveis nas empresas

Por Colaborador externo

As tecnologias móveis tornaram-se essenciais no cotidiano de grande parte das empresas. Por conta disso, muitos empresários estão optando por adquirir soluções de gerenciamento de dispositivos móveis para que possam se certificar de que o uso de tablets e smartphones corporativos não irá comprometer a segurança dos dados e informações de seu negócio.

Ter uma solução de gestão centralizada é um passo importante, mas não é capaz de resolver todos os problemas. Embora o uso de tecnologia adequada seja importante, o fator humano é igualmente relevante quando se trata de segurança da informação. Diante disso, a GFI MAX, empresa de soluções integradas de gerenciamento, backup, antivírus, acesso remoto e mail security para pequenas e médias empresas, oferece algumas dicas para obter melhores resultados com dispositivos móveis nas empresas.

1. Desenvolver uma política para dispositivos móveis

Pode parecer óbvio, mas este passo ainda é frequentemente esquecido. Formule normas e diretrizes sobre o uso de dispositivos móveis e o que é ou não aceitável. Seja o mais claro possível a respeito. Garanta que todos os seus funcionários estejam familiarizados com essa política e discuta sobre ela com os novos funcionários (durante as negociações de contrato, por exemplo).

2. Atenção especial aos riscos

Os riscos associados aos dispositivos móveis vão além de smartphones roubados e empregados que acidentalmente esquecem seu laptop no ônibus. Os aplicativos baixados nos dispositivos são uma ameaça à segurança tão séria quanto. Faça acordos sobre os softwares que podem ser utilizados e os proibidos para negócios e mantenha-se aberto a sugestões. Certifique-se de que seus empregados não levem o próprio software para usar no local de trabalho e, se necessário, ofereça alternativas mais seguras.

3. Não ignore os aparelhos particulares

A fim de melhorar a sua compreensão e controle, é importante que você saiba exatamente quais dispositivos móveis estão sendo usados na empresa ou para fins comerciais. Cada vez mais os funcionários estão utilizando os próprios aparelhos para facilitar suas tarefas no escritório. Não cometa o erro de ignorar ou mesmo proibir dispositivos privados. No entanto, tenha certeza de que seus funcionários sabem como - e para que fins - os dispositivos privados podem ser utilizados e quais os dados que eles têm pe rmissão para guardar neles.

4. Lembre-se: não existe solução 100% eficaz

Um sistema de gestão de dispositivos móveis é essencial e te deixará tranquilo para usar a maioria dos dispositivos móveis sem colocar os dados do negócio em risco. Mas tenha em mente que é preciso mais que isso, pois funcionários que estejam determinados a roubar dados vão sempre encontrar uma maneira. Em alguns casos, acordos de confidencialidade funcionam melhor do que medidas como a criptografia ou o gerenciamento centralizado de dispositivos. Outra medida importante é estar sem pre atento às novas tecnologias, pois, sem saber o que um dispositivo pode fazer sua empresa será incapaz de impedir seu uso para fins de vazamento de dados ou outros crimes.

5. Conscientize seus funcionários

Para aumentar a aceitação às regras, é importante conscientizar seus funcionários sobre os possíveis riscos no uso de dispositivos móveis. Na maior parte dos casos os funcionários não têm a intenção de colocar informações da empresa em risco. A falta de conhecimento é a culpada em muitos casos de vazamento. Portanto, não apenas formule uma política, mas também familiarize seus funcionários com ela.

"Os empresários se enganam ao pensar que uma boa estratégia de gerenciamento de dispositivos móveis é suficiente para eliminar todos os riscos de segurança," afirma José Martins, gerente Regional da GFI MAX para América Latina e Brasil. "Embora a gestão centralizada de tablets e smartphones seja um passo importante para as empresas, o fator humano ainda desempenha o papel central na segurança de dados. Criar uma política e um treinamento específico que procure conscientizar os trabalhadores sobre riscos do uso de dispositivos móveis são passos fundamentais para o desenvolvimento de uma estratégia bem sucedida", finaliza.