Dicas de segurança para redes sem fio

Por Ultradownloads
Roteador sem fio

Com a venda de dispositivos portáteis, como smartphones, tablets e notebooks superando a dos computadores de mesa, ter um roteador sem fio em casa se tornou bastante comum para o compartilhamento da internet, mas a grande maioria das pessoas não toma as devidas precauções para proteger a sua rede. E ai que mora o perigo. Então o Canaltech preparou algumas dicas básicas para você manter a sua internet sem fio sempre segura, confira!

Se apenas ligarmos o equipamento na tomada e conectarmos o cabo de internet que sai do modem na porta WAN, a rede - teoricamente - ja fica pronto para uso, mas assim como é possível conectar seu equipamento sem fio, isso fica possível também para os vizinhos e pessoas mal intencionadas, pois o equipamento não atribui nenhuma senha à rede por padrão.

Para colocar uma senha na sua rede, você deve primeiro se conectar ao roteador digitando no seu navegador o endereço dele. Essa informação está normalmente em um adesivo na parte de baixo do roteador, com um endereço IP como "192.168.0.1" ou "192.168.1.1", que te levará a uma tela de login para acessar todas as configurações do equipamento. O login e a senha também estão na parte de baixo do roteador ou no manual, sendo normalmente "admin" ou "administrator" para ambos.

Na tela inicial temos uma visão geral do estado da rede, como seu nome, se está protegida, e outras coisas. O seu painel pode variar em relação ao apresentado abaixo devido à marca e modelo do roteador. No caso analisamos um modelo Linksys:

Painel inicial de configuração do roteador

O primeiro passo importante é mudar o nome da rede de forma que seja possível diferenciá-la de outras que seu dispositivo móvel "enxergue". Nesse quesito não existe muito segredo, é só mudar o nome e salvar. Ao colocar a sua senha, tente misturar letras e números, utilizando no mínimo oito caracteres, pois quanto mais diferente eles forem um do outro, mais segura será a criptografia.

Por falar em criptografia, escolha sempre a opção "WAP2-Personal", pois os padrões "WEP" (Wired Equivalent Privacy) e "WPA" (Wi-Fi Protected Access) já se mostram menos seguros em relação ao WAP2-Personal.

Configurações de segurança do roteador

Executadas essas alterações, é só salvar que a rede está segura, certo? Errado. Como já foi dito, o acesso ao roteador possui um login e uma senha padrão, que também devem ser alteradas, pois alguém pode entrar em seu roteador e olhar a sua senha, ou pior, alterá-la para que você não use mais a sua própria rede.

Normalmente localizada na aba de Configurações do Administrador, a senha do roteador deve ser digitada duas vezes para confirmação. Não se esqueça de anotar todas as senhas em algum lugar, pois caso você precisa de alguma delas e esqueça, será necessário resetar o roteador e configurá-lo novamente.

E você usuário, já configurou a sua rede?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.