Dicas de segurança para redes sem fio

Por Ultradownloads
Roteador sem fio

Com a venda de dispositivos portáteis, como smartphones, tablets e notebooks superando a dos computadores de mesa, ter um roteador sem fio em casa se tornou bastante comum para o compartilhamento da internet, mas a grande maioria das pessoas não toma as devidas precauções para proteger a sua rede. E ai que mora o perigo. Então o Canaltech preparou algumas dicas básicas para você manter a sua internet sem fio sempre segura, confira!

Se apenas ligarmos o equipamento na tomada e conectarmos o cabo de internet que sai do modem na porta WAN, a rede - teoricamente - ja fica pronto para uso, mas assim como é possível conectar seu equipamento sem fio, isso fica possível também para os vizinhos e pessoas mal intencionadas, pois o equipamento não atribui nenhuma senha à rede por padrão.

Para colocar uma senha na sua rede, você deve primeiro se conectar ao roteador digitando no seu navegador o endereço dele. Essa informação está normalmente em um adesivo na parte de baixo do roteador, com um endereço IP como "192.168.0.1" ou "192.168.1.1", que te levará a uma tela de login para acessar todas as configurações do equipamento. O login e a senha também estão na parte de baixo do roteador ou no manual, sendo normalmente "admin" ou "administrator" para ambos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Na tela inicial temos uma visão geral do estado da rede, como seu nome, se está protegida, e outras coisas. O seu painel pode variar em relação ao apresentado abaixo devido à marca e modelo do roteador. No caso analisamos um modelo Linksys:

Painel inicial de configuração do roteador

O primeiro passo importante é mudar o nome da rede de forma que seja possível diferenciá-la de outras que seu dispositivo móvel "enxergue". Nesse quesito não existe muito segredo, é só mudar o nome e salvar. Ao colocar a sua senha, tente misturar letras e números, utilizando no mínimo oito caracteres, pois quanto mais diferente eles forem um do outro, mais segura será a criptografia.

Por falar em criptografia, escolha sempre a opção "WAP2-Personal", pois os padrões "WEP" (Wired Equivalent Privacy) e "WPA" (Wi-Fi Protected Access) já se mostram menos seguros em relação ao WAP2-Personal.

Configurações de segurança do roteador

Executadas essas alterações, é só salvar que a rede está segura, certo? Errado. Como já foi dito, o acesso ao roteador possui um login e uma senha padrão, que também devem ser alteradas, pois alguém pode entrar em seu roteador e olhar a sua senha, ou pior, alterá-la para que você não use mais a sua própria rede.

Normalmente localizada na aba de Configurações do Administrador, a senha do roteador deve ser digitada duas vezes para confirmação. Não se esqueça de anotar todas as senhas em algum lugar, pois caso você precisa de alguma delas e esqueça, será necessário resetar o roteador e configurá-lo novamente.

E você usuário, já configurou a sua rede?

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.