Descuido expõe banco de dados de achados e perdidos do Uber

Por Redação | 11.02.2015 às 09:26

O Uber é um polêmico serviço que coloca em contato motoristas particulares e pessoas precisando de transporte por meio de um aplicativo para smartphones e tablets. Desta vez, um descuido da companhia tornou pública uma série de informações a respeito de seus clientes, como nome completo de passageiros e motoristas, números de telefone e lista de objetos esquecidos nos veículos. Dados sobre rotas realizadas, entretanto, estavam protegidas por senha.

O que aconteceu, segundo o Motherboard, foi que a companhia cometeu algum equívoco que permitiu a qualquer um acessar tais registros nesta página, que agora está fora do ar. Ainda conforme a publicação, os dados aparentemente são do escritório de Los Angeles do Uber.

Os registros vazados incluíam dados de viagens realizadas entre o começo de dezembro e esta terça-feira (10). A justificativa da empresa para manter os dados em seu sistema é evitar prejuízos para seus usuários, que normalmente podem esquecer alguns pertences nos veículos que utilizam. Entretanto, falhas desse tipo podem trazer consequências graves para o Uber, principalmente numa época em que a questão da privacidade está tão em voga.

Uber

Resposta

O Uber se pronunciou oficialmente sobre o ocorrido em seu blog no fim desta terça-feira.

“O serviço de Itens Perdidos do Uber já ajudou milhares de pessoas a reencontrarem seus pertences esquecidos após uma viagem. Aparentemente, este registro de itens perdidos foi tornado público acidentalmente e nós sentimos muito por esta falha. Estamos identificando exatamente como isto ocorreu para que não aconteça novamente”, dizia o comunicado.