Criptografia: 4 motivos para criptografar todos os seus arquivos digitais

Por Redação
photo_camera Seu Micro Seguro

A criptografia tem se mostrado muito além de um recurso adorado por amantes da tecnologia, mas também algo capaz de proteger sua vida digital e arquivos de possíveis ataques e crimes cibernéticos. No entanto, de que forma a criptografia pode ajudar os usuários comuns de aparelhos eletrônicos e arquivos digitais?

O site Make Use Of listou as quatro principais razões para que toda pessoa use técnicas de criptografia em sua vida digital, incluindo motivos como a proteção de dados em caso de assaltos, armazenamento seguro de pastas na nuvem, proibir que qualquer pessoa tenha acesso a suas conversas online e histórico de navegação, entre outras possibilidades. Confira abaixo a lista com bons motivos para você começar a usar a criptografia em sua vida:

1. Proteja seus dados de ladrões

A criptografia é capaz de proteger todos os seus dados sensíveis armazenados em computadores pessoais, laptops, smartphones e tablets em caso de roubo dos aparelhos. Ou seja, o recurso é ideal para as pessoas que armazenam dados financeiros, de negócios, bancários, números de cartões de crédito entre outras informações sensíveis.

Ladrão roubo

Os especialistas afirmam que as pessoas que costumam salvar alguns dos seus principais dados em seus dispositivos móveis devem armazená-los de forma criptografada, evitando assim que terceiros possam ter acesso a suas informações.

2. Armazene seus arquivos de forma segura na nuvem

Os serviços de armazenamento de dados e arquivos na nuvem se tornaram uma ótima opção para as pessoas que desejam sincronizar seus documentos entre vários dispositivos móveis, fazer back-up ou compartilhar documentos com outras pessoas. No entanto, esses serviços também podem ser vulneráveis em casos de invasão ou ataques cibernéticos.

Especialistas afirmam que as pessoas devem armazenar seus dados sensíveis (informações bancárias e de negócios, por exemplo) em formato criptografado até mesmo na nuvem. Para ter uma ideia, o Dropbox uma vez sofreu uma falha que permitia que qualquer pessoa acessasse pastas e arquivos sem senhas por quatro horas seguidas, e criptografar arquivos importantes evita o acesso de pessoas aos seus dados nesses casos e até em situações de falha na nuvem, já que para acessar os documentos é necessário a inserção de uma senha.

Dados nuvem

Além disso, existem outros serviços na nuvem que, automaticamente, criptografam os arquivos dos seus usuários antes de subirem para o servidor e são descriptografados quando acessados por seus donos.

3. Evite que terceiros vejam suas conversas e histórico de navegação

Muitos sites de bancos e de lojas de comércio virtual utilizam recursos de conexão segura e criptografada, ou seja, HTTPS. Mas, se o usuário estiver utilizando uma rede Wi-Fi pública e acessando um site HTTP, todo o seu histórico de navegação e conversas online podem ser acessados por outras pessoas que estão utilizando a mesma rede.

Para evitar que sua navegação seja facilmente acessada por qualquer pessoa, especialistas aconselham o uso de redes VPN (Virtual Private Network) ou Tor, que cria uma conexão criptografada através de um 'túnel'. Além disso, aconselha-se que se os usuários estiverem enviando um documento importante através de um e-mail, o ideal é criptografar este arquivo antes de realizar seu envio, já que os e-mails podem ser visualizados em texto puro e dados sensíveis podem ser comprometidos nesses casos.

Veja como fazer uma conexão VPN

4. Batalha contra a vigilância governamental

Os governos de todo o mundo estão interessados em tudo que é compartilhado pela internet, nas redes sociais e também em seus dados. Pode até parecer paranóia, mas esta é uma das realidades do mundo em que vivemos atualmente. Não temos proteção ou garantia sobre os nossos dados na web.

Vigilância

Nos Estados Unidos, por exemplo, as mensagens de e-mail são consideradas 'abandonadas' assim que elas são lidas por seu destinatário ou após 180 dias do seu envio. Com isso, o governo norte-americano pode ter acesso a todas as mensagens trocadas sem uma autorização legal, mas com a criptografia dessas mensagens, até mesmo o governo precisa de uma autorização do usuário para acessar os dados contidos nela – como os e-mails em sua maioria são armazenados nos Estados Unidos, não importa em qual lugar do mundo você esteja, eles podem ser acessados pelo governo local.

A situação pode ser ainda pior em países como China e Irã, onde os governos monitoram todas as mensagens sem criptografia que eles encontram devido às suas políticas restritivas de acesso à internet e comunicações.

Como criptografar seus arquivos

Simple File Encryptor é um software gratuito e leve que ajuda a criptografar arquivos para torná-los totalmente protegidos. Os arquivos criptografados também podem ser decifrados facilmente com este programa.

A interface extremamente simples é o grande destaque do Simple File Encryptor, qualquer usuário pode utilizá-lo sem qualquer dificuldade. Uma vez que você começar a criptografar um arquivo, você também terá a opção de fornecer uma senha. Assim o software oferece uma dupla proteção. Ele usa a tecnologia AES-256 para criptografar arquivos e tem a capacidade de adicionar vários arquivos de uma só vez.