Contas hackeadas do Snapchat são usadas para disseminar spams

Por Redação | 09.10.2014 às 13:19

A empresa especializada em segurança digital Symantec anunciou que descobriu uma nova campanha de spams no Snapchat. Os cibercriminosos estariam utilizando a função de troca de mensagens presente no aplicativo social para vender produtos de emagrecimento.

Esta ação ocorre por meio de contas de usuários já hackeadas. Os criminosos enviam uma foto de uma caixa de um produto criado a partir de uma planta asiática, chamado de Garcinia Cambogia, seguida de uma mensagem de texto que inclui um link suspeito. O Snapchat já afirmou que as contas que promoviam as dietas tiveram suas credenciais obtidas em uma violação a um outro site, que possibilitou aos hackers descobrirem as senhas e utilizá-las.

Snapchat

Essa não é a primeira campanha do gênero, visto que no início deste ano diversas contas do aplicativo foram comprometidas e usadas para enviar imagens de bebidas com frutas, promovendo sites chamados de SnapFroot e FrootSnap.

Snapchat

Infelizmente o Snapchat não disponibiliza a verificação em suas etapas para ajudar os usuários a dificultar a invasão de suas contas por criminosos mal intencionados. Desta forma, a empresa de segurança recomenda que os usuários da rede social alterem suas senhas periodicamente sem repetí-las e que sejam diferentes de outros sites. O mais importante é que as senhas sejam bem elaboradas com mais de oito dígitos, caracteres especiais e, principalmente, que sejam únicas.