Cibercriminosos usam dados reais das vítimas para novo golpe

Por Redação | 09 de Junho de 2014 às 08h54

O Canaltech informou recentemente que hackers tem usado a Copa do Mundo para atrair usuários na web e invadir máquinas com malwares. No fim da última semana, um novo tipo de golpe foi anunciado pela empresa de segurança Trend Micro. Desta vez, a vítima recebe um e-mail em nome do Ingresso.com, site que comercializa ingressos para shows e eventos, anunciando o sorteio de entradas para os jogos do campeonato.

O que diferencia este golpe de outros vistos pela Internet é que o e-mail chega ao usuário com dados pessoais reais dele como nome, endereço e data de nascimento, o que faz com que muitos acreditem na veracidade da promoção.

A empresa Ingresso.com divulgou em seu site que não está sorteando ingressos para a Copa do Mundo e complementa: “nossos e-mails e sites da web nunca trazem arquivos executáveis, anexos ou links para download”. Na mensagem eletrônica encaminhada para o e-mail das vítimas consta um link que supostamente redireciona o usuário para um formulário que ativa a promoção.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

Quando realizada a ação, um trojan é instalado na máquina, o que permite o roubo de informações bancárias por criminosos virtuais, por exemplo.

Desde o ano passado dados de clientes do Ingresso.com estão sendo usados na aplicação de golpes virtuais. A companhia, no entanto, negou o fato por nota afirmando que os dados não partiram do sistema da empresa e que o caso está sendo tratado pelas autoridades competentes. De acordo com o que apuramos, no entanto, os criminosos têm acesso a outras informações pessoais como CPF, RG e nome da mãe dos registrados no site da empresa que comercializa ingressos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.