BYOD em pequenas e médias empresas: algumas considerações

Por Redação | 10 de Julho de 2013 às 08h05

O Bring Your Own Device (BYOD) está sendo adotado por uma série de empresas que pretendem reduzir custos com a compra de novos dispositivos, ou por causa de funcionários que preferem usar seus dispositivos pessoais no trabalho. Mas é preciso ficar atento a uma série de considerações de segurança que surgem junto com essa tendência.

Os departamentos de TI precisam acompanhar as novas ferramentas e soluções que surgem no mercado, mas será que as pequenas empresas já possuem as ferramentas necessárias para lidar com situações de perigo que surgem com a adoção do BYOD? Será que elas conseguem manter a empresa a salvo de futuros ataques? O pessoal do Wired destaca alguns pontos importantes que devem ser levados em conta nessas situações.

Gerenciamento de dispositivos móveis

A prática do BYOD exige que a equipe de TI se preocupe em implementar programas de segurança em uma base individual. Um programa de treinamento também pode ser usado para manter os funcionários cientes dos riscos que estão envolvidos na prática do BYOD e como eles podem proteger os dados da empresa e evitar ataques de malware.

Controlar o cumprimento das políticas de segurança da empresa pelos usuários finais pode ser uma tarefa muito difícil para a equipe de TI, já que não existe uma visibilidade para os dispositivos. Um software de gerenciamento de dispositivos móveis pode ajudar a equipe de TI a garantir que o dispositivo móvel usado pelos funcionários está integrado com as políticas da empresa.

A capacidade de gerenciar os diferentes tipos de dispositivos disponíveis no mercado pode ser uma tarefa árdua para qualquer empresa, grande ou pequena. Os empresários precisam ter isso em mente para ter certeza de que a solução de segurança escolhida será capaz de lidar com os diversos aparelhos e plataformas utilizadas pelos funcionários. É preciso colocar na balança os benefícios de ter uma política de BYOD e os custos associados às ferramentas de segurança, suporte e treinamento necessário para manter a empresa livre de ameaças e perda de dados.

Saiba mais: Dicas de segurança corporativa para dispositivos móveis

Espaço pessoal e espaço profissional

O conceito de "espaço pessoal" e de um "espaço de trabalho" dentro de um mesmo dispositivo também é uma nova tendência. O espaço de trabalho seria completamente isolado e seguiria todas as regras e procedimentos de segurança necessários para manter os dados corporativos seguros. Por outro lado, suas configurações e preferências pessoais não seriam afetadas no espaço destinado às informações pessoais do funcionário. A chamada 'virtualização de área de trabalho', por exemplo, permite que os usuários usem seu tablet pessoal para acessar um desktop virtual que executa o Windows e está dentro dos parâmetros estabelecidos pela empresa.

De qualquer forma, um dispositivo pessoal no local de trabalho pode trazer uma série de desafios para as pequenas empresas, principalmente por causa da falta de ferramentas e de um departamento de TI capaz de suportar e gerenciar todos os dispositivos com segurança.

Leia também: BYOD: A mobilidade e a insegurança de redes de mãos dadas

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.