Pesquisa: Android está cada vez mais vulnerável a malwares

Por Redação | 03.12.2013 às 09:15

Segundo relatório da McAfee, empresa de segurança online, o Sistema Operacional do Google está cada vez mais vulnerável a malwares e ataques. Foram descobertos quase 700 mil variantes de malwares específicos para o Android. O Google elimina a maioria dos malwares da Play Store, mas por outros motivos os aparelhos continuam vulneráveis, principalmente na região Ásia-Pacífico.

As principais fontes de infecções são as lojas de aplicativos não oficiais, como o Aptoide, Blackmart e muitas outras, que distribuem aplicativos piratas. Elas não possuem os mesmos requisitos e rigor de segurança que a Play Store, muito menos fiscalização. O motivo dos usuários da Ásia e do Pacífico apresentarem o maior número de infecções em relação a usuários da Europa e América do Norte se dá porque estes preferem obter os aplicativos pelos caminhos convencionais, de maneira legal.

As medidas de segurança das lojas de aplicativos, somadas às dos próprios sistemas operacionais, já são uma barreira para ataques, mas cada vez estão tornando-se menos eficientes, à medida que os malwares estão mais avançados. Já é preciso usar aplicativos anti-vírus, como já acontece nos PCs, e já existem vários apps nas stores.

Então, para evitar problemas no seu sistema, sempre fique muito atento aos aplicativos que instala, e evite utilizar as lojas não oficiais. Mesmo com os esforços do Google, ainda existem muitos aplicativos maliciosos na Play Store, então, ao fazer download de um, verifique sempre a avaliação dele pelos usuários, o número de downloads e outros dados que atestem sua confiabilidade. E como sempre, nunca clique em nada suspeito.