Alerta: pequenas e médias empresas são grandes alvos de ameaças virtuais

Por Redação | 16 de Dezembro de 2012 às 19h53

As pequenas e médias empresas (PMEs) precisam dedicar-se a diversas atividades para desenvolver seus negócios. O crescimento da empresa se torna prioridade, e a segurança de seus dados e da rede não recebe a atenção merecida. As PMEs estão diante de um ambiente repleto de ameaças virtuais e de exigências de regulamentações e normas.

Os cibercriminosos continuam a concentrar sua atenção em pequenas e médias empresas por considerá-las alvos mais fáceis que as grandes corporações. Os golpistas sabem que as empresas de menor porte têm recursos limitados para lidar com a segurança da informação e, desta forma, direcionam seus ataques para essas organizações.

Assim sendo, as PMEs passaram a ser um alvo fácil e com dados valiosos, já que muitas delas prestam serviços e oferecem produtos a grandes empresas e ao setor público e, portanto, é provável que também trafeguem alguns dados dessas organizações. Com o rápido crescimento dos vírus, dos golpes de phishing e das violações de dados, as PMEs necessitam de medidas para se protegerem e permanecerem à frente dos cibercriminosos.

A McAfee, em seu último relatório trimestral sobre ameaças, identificou que os malwares atingiram a marca de 100 milhões de amostras em 12 meses e as violações de bancos de dados tiveram recorde histórico.

O nível de segurança de que as PMEs precisam depende do porte e da natureza da empresa; já a maneira de gerenciar essa segurança depende da preferência por adquirir ou contratar prestação de serviços de segurança, de gerenciá-la internamente com equipe de TI própria ou delegar a um provedor de serviços especializado em segurança.

A necessidade de segurança atual de uma PME pode ser a de manter ou reforçar a proteção contra malware, spyware, spam e uma infinidade de outras ameaças e vulnerabilidades. No entanto, as necessidades de negócios das PMEs se concentram na eficiência, no desempenho e na proteção sem obstáculos, com menos tempo, esforço e investimento da sua parte. Essas empresas podem aliar essas características com uma solução na nuvem que pode acompanhar o crescimento de seus negócios e proporcionar a proteção de que precisam, sem as complicações de gerenciamento que, muitas vezes, acompanham um projeto de TI de grande porte.

Confira um vídeo, em português, sobre dicas e soluções de proteção a pequenas e médias empresas, preparado pela McAfee.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!