Adolescente de 16 anos vai lançar serviço de e-mail “super seguro”

Por Redação | 21 de Agosto de 2014 às 09h22

O norte-americano Abe Storey, de apenas 16 anos, está dando os retoques finais em sua ideia do que seria o serviço de e-mail mais seguro da atualidade. Deixando de lado coisas como autenticação em duas etapas, ele trabalha no Locked Up Mail, que tem lançamento marcado para as próximas semanas e, pasmem, precisa ficar pronto antes do início de um novo período escolar.

Morador de São Francisco, nos Estados Unidos, Storey exibe sua ideia para aumentar a segurança do correio eletrônico: o uso de QR Codes, que precisam ser escaneados pelo usuário como um requisito adicional, além da inserção tradicional de logins e senhas. Mas o que exatamente impediria um acesso não autorizado ao código? O fato deles se autodestruírem em 10 minutos após sua geração.

Ao acessar o Locked Up Mail pela primeira vez, o usuário deve fazer um cadastro tradicional, escolhendo um login e uma chave para acesso. Imediatamente, o serviço envia para o e-mail cadastrado um QR Code, que desaparece 10 minutos depois. A sugestão é que as pessoas imprimam o código e o guardem em um local seguro, apesar do armazenamento de uma screenshot também ser uma opção possível.

É possível escolher de quanto em quanto tempo será necessário escanear o código. Os mais preocupados com segurança podem exigir a medida a cada login, enquanto outros, mais tranquilos, podem configurar um timer para períodos de algumas horas ou dias. Tudo depende do tipo de informação que está sendo trocada por ali e da ideia de cada um sobre a proteção de suas informações.

A ideia que começou como uma possível extensão para o Gmail ou Yahoo Mail, porém, acabou evoluindo. Como contou ao site Business Insider, Storey não é um especialista em programação e, por isso, se envolveu em concursos de startups de São Francisco e acabou vencendo alguns deles, obtendo o financiamento para tocar seus projetos. Hoje, ele trabalha no Locked Up Mail ao lado de Kevin Davies, um programador da Nova Zelândia.

Entre seus outros projetos estão o Retention Tab, que modifica o texto exibido na aba dos navegadores para atrair consumidores de volta a sites deixados de lado, e o Next Mover, explicado como uma versão do Uber, só que para quem está mudando de apartamento e deseja contratar serviços de transporte. Foi este último, inclusive, que garantiu ao jovem o financiamento de US$ 55 mil que vai transformar o Locked Up Mail em realidade.

Atualmente, o serviço ainda não abriu as portas, mas uma lista de espera para interessados já está no ar. Mais do que isso, o garoto afirma que o e-mail é apenas um ponto inicial para ele, que já tem os bancos como segmento de escolha para as próximas empreitadas. O foco, mais uma vez, será a segurança, mas Storey mantém segredo sobre o que está imaginando. Quer fazer uma coisa de cada vez e, no momento, trabalha muito para aumentar a segurança do correio eletrônico antes que tenha que voltar à escola.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.