A importância de um comportamento digital seguro

Por André Carraretto | 17 de Setembro de 2014 às 08h18

O atual cenário de ameaças digitais exige maior preocupação sobre a segurança das informações nos mais diversos dispositivos. Com um mundo cada vez mais conectado, novos riscos surgem diariamente e com cada vez maior velocidade. Os recentes escândalos envolvendo a exposição das fotos íntimas de celebridades, por exemplo, só reforçam a realidade de que muitos usuários ainda não possuem um comportamento digital seguro. Em 2013, por exemplo, só no Brasil foram 22 milhões1 de vítimas do cibercrime.

Por conta deste cenário alarmante, empresas criam iniciativas voltadas à Segurança Digital, como, por exemplo, o Programa Nacional de Cyber Segurança, Hackaflag. Essas ações buscam conscientizar as pessoas sobre as possíveis brechas presentes nos dispositivos e sistemas, além de incentivar e reconhecer novos talentos e profissionais da área.

Dessa forma, tais atos ressaltam a importância de um comportamento digital seguro, que vai desde o cuidado ao abrir um e-mail suspeito até a escolha da rede de acesso à internet. Sabemos que, no Brasil, a qualidade e velocidade da rede 3G ainda é baixa, o que faz com que os usuários possuam o costume de procurar redes Wi-Fi abertas, em busca de uma melhor conexão. O que a maioria não sabe é que muitas dessas conexões não possuem segurança apropriada e podem se tornar uma porta de entrada para criminosos virtuais. Em Fortaleza, por exemplo, 13% das redes sem fio possuem um nível baixo ou inexistente2 de proteção.

Entretanto, apesar de todos os riscos presentes no ambiente digital, é possível aos usuários evitarem as ameaças. Para tal, devem adotar medidas simples, como o uso de uma senha forte, a troca de senhas periodicamente e o cuidado ao colocar informações pessoais em sites que não possuem comunicação SSL (aqueles que não possuem o cadeado no endereço). Devem, também, ficar atentos às políticas de privacidade em aplicativos de dispositivos móveis, para que não exponham dados sensíveis.

Tais medidas ajudam os usuários a manter sua privacidade online. Além disso, é importante manter os aplicativos sempre atualizados e contar com um software de segurança instalado em todos os dispositivos.

Para mais dicas de segurança digital, acompanhe a agenda do Programa Nacional de Cyber Segurança, Hackaflag, e verifique a edição do evento mais perto de você. No total serão 10 cidades percorridas: Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Vitória, Salvador, Fortaleza, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

1 Estudo Norton Report, divulgado pela Symantec em outubro de 2013.

2 Dado do projeto Wardriving, divulgado pela Symantec em agosto de 2014

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.