99 expande uso de câmeras de segurança para motoristas nas principais cidades

Por Rui Maciel | 15 de Julho de 2020 às 22h15
Divulgação

A 99 anunciou nesta quarta-feira (15) que as câmeras de segurança presentes nos carros dos motoristas do app em São Paulo estarão disponíveis nacionalmente a partir desta sexta-feira (20). Com isso, a companhia agora oferece o dispositivo em todas as principais cidades do país.

O plano de expansão da empresa foi iniciado em forma de teste no fim de 2018 nas cidades de São Paulo e Porto Alegre. No ano passado, a tecnologia foi disponibilizada para veículos das cidades de Belo Horizonte, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Manaus e Salvador. Agora, o projeto foi ampliado para os outros dos principais municípios brasileiros.

O uso da câmera nos carros tem como objetivo aumentar a segurança para motoristas e passageiros. Em pesquisa realizada 99, os condutores com câmeras se sentem 27% mais seguros em comparação com os que não possuem o dispositivo. Essa iniciativa, somada a outras ferramentas de inteligência artificial para prevenção de crimes, ajudou a reduzir 60% das ocorrências em 2019.

Câmera usada pela 99 nos veículos parceiros: uso do dispositivos ajudou a diminuir ocorrências (Foto: divulgação)

As câmeras têm funções avançadas para avaliar o que acontece dentro do automóvel. As imagens são captadas com lentes "olho de peixe", que proporcionam uma visão panorâmica do veículo, além registrar o som e contar com um modo noturno. O aplicativo afirma que todas as imagens são armazenadas de acordo com as Políticas de Privacidade da 99 e com as Políticas de Reconhecimento Facial, em conformidade com a legislação vigente. A empresa afirma que segue todas as leis aplicáveis, incluindo as questões referentes à proteção de dados prevista na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que deve entrar em vigor até o ano que vem.

"Nossa expectativa é que esses indicadores melhorem ainda mais com a expansão nacional", diz Thiago Hipólito, Diretor de Segurança da 99. "Além de prevenir eventuais ocorrências e proteger as pessoas durante a corrida, o sistema também permite maior colaboração com as autoridades, caso necessário."

Como funcionam as câmeras

A câmera de monitoramento é instalada próximo ao retrovisor central do veículo e pode ser acionada pelo motorista, a qualquer momento, por meio de um botão. Antes da corrida começar, o passageiro é comunicado de que o carro possui um sistema de segurança por imagem, que pode ser acessado a qualquer momento da viagem. O usuário pode escolher ou não aceitar a viagem.

Câmera em modo noturno (Foto: divulgação)

Do começo ao fim de todas as corridas do app, a câmera registra imagens periódicas. No momento em que motorista ou passageiro acionam o botão de segurança, a Central de Segurança da 99 é avisada e o monitoramento da corrida em tempo real começa. As imagens captadas também podem ser usadas para ajudar as autoridades na identificação de pessoas que cometerem eventuais infrações. Se necessário, a polícia é contatada.

Como adquirir o dispositivo

A tecnologia é oferecida para instalação aos motoristas parceiros da 99. Em função da pandemia do novo coronavírus, as câmeras não terão cobrança do valor semanal de manutenção (R﹩ 9,90) até, pelo menos, o dia 31 de agosto. O motorista deverá arcar apenas com a taxa da instalação (R﹩ 40,00 a R﹩ 60,00). Além do serviço de monitoramento, esses valores cobrem danos na câmera ou troca por uma nova, caso necessário.

A companhia afirma que o único objetivo das taxas é tornar viável a implementação das câmeras e o trabalho da equipe dedicada ao projeto, sem ganhos adicionais para a empresa. "A segurança é prioridade máxima para a plataforma e esta é uma ação importante para reforçar ainda mais as medidas, ferramentas e investimentos da 99 no setor", completa Hipólito.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.