360 milhões de credenciais eletrônicas estão disponíveis no mercado negro online

Por Redação | 26.02.2014 às 15:45

Aproximadamente 360 milhões de contas com informações pessoais estão disponíveis no mercado negro da internet. A informação foi divulgada na última terça (25) pela empresa de segurança virtual Hold Security LLC que, embora tenha descoberto o banco de dados, não pode descobrir a sua procedência.

A descoberta pode representar um risco maior a consumidores e empresas do que o temido roubo de informações de cartões de crédito. Isso porque o acesso a contas pessoais com usuários e senhas abre portas para uma gama maior de informações, como dados bancários, redes de contatos, histórico e qualquer dado digital do usuário.

O diretor de segurança da informação da Hold Security LLC Alex Holden disse em entrevista à Reuters que as informações foram levantadas nas últimas três semanas, o que significa um banco de dados de credenciais nunca antes visto à venda na internet. Segundo Holden, os roubos de informação aconteceram em ataques separados, incluindo um que pode ser considerando o maior vazamento de informações até hoje.

Grande parte das informações roubadas são e-mails e senhas não criptografados dos provedores AOL, Google, Microsoft, Yahoo e organizações não governamentais. Holden não divulgou nenhuma informação sobre ataques a outras empresas de segurança digital ou autoridades, mas pretende alertar os envolvidos caso seja possível identificá-los.

Em outubro de 2013, a Hold Security LLC descobriu uma brecha de segurança na Adobe Systems que também teve milhões de registros roubados, no entanto, o fato de serem dados criptografados dificultou o uso dessas informações pelos hackers.