Anvisa autoriza estudo com terceira dose da AstraZeneca no Brasil

Anvisa autoriza estudo com terceira dose da AstraZeneca no Brasil

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 19 de Julho de 2021 às 15h21
Reprodução/AstraZeneca

Nesta segunda-feira (19), a Anvisa autorizou, além de testes com remédio contra câncer de próstata para combater a COVID-19, um estudo clínico para avaliar a segurança, a eficácia e a imunogenicidade de uma terceira dose da vacina Covishield (AstraZeneca/Oxford) em participantes do estudo inicial, ou seja, naqueles voluntários que já haviam recebido as duas doses do imunizante contra a COVID-19, com um intervalo de quatro semanas entre as aplicações.  

Pesquisa de terceira dose é patrocinada pela AstraZeneca e ocorrerá em cinco estados brasileiros (Imagem: twenty20photos/Envato)

"A terceira dose da vacina da AstraZeneca será aplicada entre 11 e 13 meses após a segunda dose. 
Trata-se de um estudo de Fase 3, controlado, randomizado, simples-cego, ou seja, em que só o voluntário não saberá o que tomou: se uma dose da vacina ou de placebo", explicou a Anvisa, em nota. 

No novo estudo, serão incluídos voluntários de 18 e 55 anos e que estejam "altamente expostos" à infecção do coronavírus, como profissionais de saúde. Patrocinado pela AstraZeneca, o estudo será realizado, exclusivamente, no Brasil e selecionará participantes nos estados da Bahia (1,5 mil voluntários), Rio de Janeiro (1,5 mil), Rio Grande do Sul (3 mil), Rio Grande do Norte (1,5 mil voluntários) e São Paulo (2,5 mil).  

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Na semana passada, a agência reguladora aprovou um outro estudo da AstraZeneca. No entanto, a pesquisa da semana passada busca avaliar um imunizante turbinado contra a COVID-19. Isso porque a fórmula foi desenvolvida a partir da variante Beta (B.1.351) do coronavírus, descoberta pela primeira vez na África do Sul.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.