Pfizer começa nova rodada para entregar milhões de doses de vacina ao Brasil

Pfizer começa nova rodada para entregar milhões de doses de vacina ao Brasil

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 28 de Setembro de 2021 às 20h15
_Tempus_/Envato

Nesta noite de terça-feira (28), a farmacêutica norte-americana Pfizer deve iniciar uma nova leva de entregas do imunizante ComiRNAty (Pfizer/BioNTech) contra a covid-19 no Brasil. Inicialmente, mais 1,1 milhão de doses devem chegar e, até o domingo (3), o Ministério da Saúde terá, no total, 10,5 milhões doses da fórmula contra o coronavírus SARS-CoV-2. Nesse período, 9 lotes serão enviados ao país.

Quando as 10,5 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegarem ao Brasil, a farmacêutica terá completado o primeiro contrato de 100 milhões de doses firmados com o país para o combate do coronavírus. Além desse, há um segundo contrato que prevê a entrega de outras 100 milhões de doses do imunizante até o final deste ano. O segundo acordo foi assinado no dia 14 de maio.

Até domingo (3), a Pfizer entregará mais de 10 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 (Imagem: Reprodução/FabrikaPhoto/Envato Elements)

Até o momento, foram entregues 89,5 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech, divididas em 88 remessas. Em comum, as entregas partiram de Miami, nos Estados Unidos, e desembarcaram no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo. Após o desembarque, as doses foram enviadas para o centro de distribuição da Saúde, em Guarulhos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Atraso nas entregas da vacina contra covid?

De acordo com o primeiro contrato assinado no mês de março de 2021, a farmacêutica deveria completar a entrega das primeiras 100 milhões de doses até o fim do terceiro trimestre. Isso significa que as últimas 10,5 milhões de doses deveriam chegar até o dia 30 de setembro, o que não acontecerá.

Em nota, a Pfizer esclareceu que "pelo fato da última semana de setembro se encerrar numa quinta-feira (dia 30), os últimos lotes previstos para o mês chegarão até o dia 3 de outubro". A empresa ainda completou: "Reafirmamos nosso compromisso com o Brasil para a entrega de 200 milhões de doses da nossa vacina até o final de 2021 conforme cronograma estimado em contrato, que considera 100 milhões de doses entregues até o final do 3º trimestre, e outras 100 milhões durante o 4º trimestre".

Fonte: G1  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.