Novo coquetel da AstraZeneca contra covid-19 já está sob análise na Europa

Novo coquetel da AstraZeneca contra covid-19 já está sob análise na Europa

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 14 de Outubro de 2021 às 20h27
felipecaparros/envato

A AstraZeneca, fabricante de uma das vacinas contra covid-19 disponíveis no Brasil, está concentrada na criação de um coquetel de anticorpos, também conhecido como AZD7442, ou Evusheld. Nesta quinta (14), a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) passou a analisar esse coquetel para ver se ele será autorizado em toda a União Europeia.

A empresa já realizou testes que mostraram que essa combinação de anticorpos reduz sintomas graves e mortes por covid-19. O medicamento consiste em anticorpos monoclonais, que reconhecem uma molécula específica de um vírus ou bactéria. Na prática, é uma versão sintética de anticorpos naturais. O coquetel deve ser administrado a pessoas que já foram infectadas, para aliviar as deficiências do sistema imunológico.

Novo coquetel da AstraZeneca contra covid-19 já está sob análise na Europa (Imagem: FabrikaPhoto/Envato Elements)

De acordo com a própria Agência Europeia de Medicamentos, a decisão de analisar o coquetel da AstraZeneca vem de "resultados preliminares de estudos clínicos, que sugerem que o medicamento pode ajudar a proteger contra doenças". Mas o processo não é tão rápido quanto parece, e pode levar meses até uma possível autorização.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo a AstraZeneca, o Evusheld produziu uma redução satisfatória em casos graves ou mortes, algo que foi observado por meio de um estudo com 903 pessoas. 

Fonte: ReutersCTV News via UOL

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.