Nos EUA, app agenda teste de DST em casa e envia o resultado por smartphone

Por Redação | 07 de Junho de 2017 às 14h37

Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são um assunto delicado para muita gente. Mesmo que todos saibamos da importância de se usar preservativos e outros métodos de prevenção, muitas pessoas acabam vacilando e precisando realizar testes para descobrir se contraíram alguma doença. O problema é que é preciso ir pessoalmente a uma unidade de coleta de sangue e, depois, buscar os resultados. Mas uma startup pretende mudar esse cenário tornando esse processo mais discreto.

A Biem desenvolveu uma solução para encorajar as pessoas a realizarem esses testes por meio de um aplicativo, que permite o contato com agentes de saúde a distância, o agendamento dos testes e o recebimento dos resultados diretamente no smartphone, sem mais ninguém saber. O app também permite compartilhar seus resultados, se assim desejar, mostrando que você está livre desse tipo de doença.

De acordo com a startup, a iniciativa “extermina oportunidades de inação”, o que significa que o app encorajará um maior número de pessoas a se testarem de maneira discreta, deixando os tabus de lado. O app, ainda, pode emitir uma notificação caso alguma pessoa com quem você já teve relações sexuais tenha recebido um resultado positivo, fazendo com que o usuário decida por se testar o quanto antes possível.

O serviço cobra US$ 45 para uma sessão, e o usuário pode ser testado em casa, se preferir, pagando um valor adicional pelo deslocamento do agente de saúde. O aplicativo está sendo lançado nesta semana em Nova Iorque, mas ainda não há previsão de sua chegada ao Brasil.

Para quem mora ou está visitando a cidade de Nova Iorque, o app está disponível para download na App Store e Google Play.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.