Saúde pede estudo a Oxford para avaliar 3ª dose em vacinados com a CoronaVac

Saúde pede estudo a Oxford para avaliar 3ª dose em vacinados com a CoronaVac

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 29 de Julho de 2021 às 16h15
Divulgação/Fotos Públicas/GOVESP

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, revelou nesta quarta-feira (28) que o governo federal irá dar início a uma pesquisa para investigar a necessidade da imunização com uma terceira dose para quem foi vacinado contra a COVID-19 com a CoronaVac.

A pesquisa deve começar na próxima semana em parceria com a Universidade de Oxford, contando com a participação de 1.200 habitantes das cidades de São Paulo e Salvador, imunizados há pelo menos seis meses com as duas doses da CoronaVac.

Imagem: Reprodução/Elements/twenty20photos

Os participantes do estudo serão divididos em quatro grupos diferentes, cada um com 300 pessoas. Enquanto o primeiro grupo será vacinado com a terceira dose da CoronaVac, o segundo vai receber o imunizante da AstraZeneca. Já o terceiro grupo receberá a aplicação da Pfizer, e o quarto, da Janssen.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com base nessa pesquisa, será possível chegar a números relevantes para descobrir qual grupo será o que mais desenvolverá anticorpos contra a doença. A Universidade de Oxford contará com a ajuda da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e do Hospital São Rafael, em Salvador, para conduzir os testes.

Fonte: G1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.