Cama inteligente pode ser o próximo grande lançamento da Apple

Por Rafael Rodrigues da Silva | 03 de Dezembro de 2018 às 22h30
Tudo sobre

Apple

Depois de dominar o mercado de eletrônicos, e fazer sucesso no universo fitness com o Apple Watch, a Apple parece estar planejando ampliar ainda mais a presença neste segmento. De acordo com informações reveladas pelo jornal britânico The Times, a Maçã está desenvolvendo um dispositivo que pode ser utilizado em lençóis, fronhas ou cobertores para monitorar o sono do usuário.

Chamado por enquanto de iSheet ("sheet" é a palavra em inglês para "lençol"), o dispositivo tornaria qualquer cama em uma cama inteligente, monitorando os batimentos cardíacos, a frequência de respiração e a temperatura corporal do usuário enquanto ele dorme.

De acordo com a patente registrada pela Apple, os sensores do sistema enviam as informações utilizando uma conexão wireless para uma tela sensível ao toque, que possui um painel de controle onde todas as informações sobre o usuário são exibidas. Além disso, o sistema também consegue indicar quantas vezes o usuário mudou de posição e monitorar os ciclos de sono através de uma câmera presa ao teto e 54 sensores de movimento que ficarão espalhados pela cama. E, caso a pessoa sofra uma parada respiratória, cardíaca ou uma mudança muito brusca de temperatura, o sistema também já chama automaticamente uma ambulância.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Todos esses dados são coletados e podem ser utilizados para ajudar médicos a diagnosticarem distúrbios do sono. De acordo com as notas da patente, o dispositvo da empresa será bem mais confortável de usar do que o equipamento médico utilizado hoje para fazer esse tipo de acompanhamento, e como nenhum dos sensores fica preso ao usuário, os resultados são até mais precisos, já que não há nada que possa atrapalhar o sono.

Perguntada sobre a patente, a Apple não confirmou se já está mesmo trabalhando no desenvolvimento deste dispositivo, e não há nenhuma janela para o lançamento dele. Vale lembrar que o registro de uma patente não é garantia de que o produto será mesmo lançado.

Fonte: Fox News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.