Apple Watch pode detectar diabetes em estágio inicial, aponta estudo

Por Redação | 09 de Fevereiro de 2018 às 15h38
Reprodução
Tudo sobre

Apple

O Apple Watch, hoje, é mais do que um simples acessório, ele é também uma ferramenta que ajuda na saúde dos seus usuários. Pensando nisso, a startup Cardiogram desenvolveu um aplicativo para o relógio inteligente da Maçã e para Android que oferece o monitoramento de dados da frequência cardíaca.

E agora, em um estudo recente em parceria com a Universidade da Califórnia, em São Francisco, a Cardiogram afirmou que o Apple Watch é capaz de detectar sinais de diabetes com 85% de precisão, caso esteja em estágio inicial. A pesquisa foi realizada com a coleta de mais de 200 milhões de medições dos sensores do app Cardiogram, para Apple Watch e Android Wear, de 14.011 participantes.

Como o diabetes atinge o pâncreas e o órgão está conectado com o coração através do sistema nervoso, os batimentos cardíacos acabam variando assim que os sintomas do diabetes começam a afetar o corpo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Quando há sintomas de que o paciente pode passar a sofrer da doença, eles são caracterizados como uma condição conhecida pelo termo pré-diabetes, que atinge mais de duas milhões de pessoas no Brasil ao ano. A descoberta antecipada do diabetes pode disponibilizar ao médico formas de orientação ao paciente para que a doença não chegue a se alastrar.

Com o sucesso do estudo, a Cardiogram pretende agora implementar novas funcionalidades para que os usuários recebam um alerta caso alguns sintomas sejam detectados.

Fonte: Mac Rumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.