Após medidas de isolamento social, taxa de contaminação cai de 3,5 para 1,4

Após medidas de isolamento social, taxa de contaminação cai de 3,5 para 1,4

Por Natalie Rosa | 21 de Maio de 2020 às 13h23
Reprodução: Pixabay

A média de reprodução do novo coronavírus apresentou uma queda em relação a fevereiro, de acordo com estimativa de pesquisadores brasileiros. Rubens Lichtenthäler Filho, professor da Universidade de São Paulo (USP) e físico nuclear, e de Daniel Lichtenthäler, seu filho, que atua como médico no Hospital Israelita Albert Einstein, realizaram as projeções com base em dados oficiais do Brasil.

A pesquisa mostra que no dia 26 de fevereiro, quando o novo coronavírus chegou ao país, cada pessoa contaminada pela COVID-19 infectava outras 3,5 pessoas, em média. Depois que começou o isolamento social, no dia 23 de março, o número caiu para 1,9, chegando agora em 1,4. Sendo assim, cada dois brasileiros infectados pela doença transmitem o novo coronavírus a outras três pessoas.

Os pesquisadores chegaram no resultado afirmando que as datas identificadas na análise surgiram com base nos estados que implementaram medidas de isolamento social mais restritas. Ambos reforçam que a queda só foi possível com a aplicação de normas de distanciamento social em um longo período de tempo.

Imagem: Reprodução/Pixabay

O valor, no entanto, ainda é alto, como explicam os cientistas. A pandemia vem apresentando crescimento exponencial por aqui, dobrando de tamanho a cada nove ou 10 dias, e atualmente já são mais de 260 mil casos da COVID-19 registrados no Brasil.

Fonte: O Globo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.