86% de eficácia! Estudo traz dados sobre a vacinação com a CoronaVac no Chile

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 08 de Julho de 2021 às 17h40
Luciana Zaramela/Canaltech

Na última quarta-feira (7), um novo estudo, publicado na revista científica New England Journal of Medicine, mostrou que a vacinação com a CoronaVac no Chile teve eficácia de 86,3% no combate à COVID-19. 

A porcentagem se refere à prevenção de mortes pela doença, mas o estudo também traz outras porcentagens relevantes: em relação à prevenção de casos, a eficácia foi de 65,9%, na prevenção de hospitalizações em casos mais graves o número é de 87,5%, e de internação na UTI a resposta é de 90,3%.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Foto: Luciana Zaramela/Canaltech

Foram analisados casos de 10,2 milhões de pessoas que foram vacinadas com as duas doses do imunizante no país, entre o dia 1º de fevereiro e 1º de maio. No Chile, além da CoronaVac, os habitantes estão recebendo as vacinas da CanSino, Pfizer e AstraZeneca. 

A CoronaVac foi aprovada para o uso no país em 20 de janeiro de 2021 em caráter emergencial, e a campanha de vacinação em massa aconteceu no dia 2 de fevereiro. A vacina também está em uso aqui no Brasil, entre outros países. 

O estudo completo está disponível para consulta neste link

Fonte: Estadão

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.