60 pessoas tomam vacina errada em Juiz de Fora (MG)

60 pessoas tomam vacina errada em Juiz de Fora (MG)

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 07 de Janeiro de 2022 às 10h30
FabrikaPhoto/Envato Elements

Na última quinta-feira (6), 60 pessoas de Juiz de Fora, em Minas Gerais, tomaram a vacina pentavalente (usada para prevenir a difteria, o tétano, a coqueluche, as doenças da bactéria Haemophilus influenzae tipo B e a Hepatite B) em vez da vacina contra a covid-19, por engano. Segundo a prefeitura, os vacinados foram avisados e retornaram ao posto de saúde para receberem a dose certa.

A prefeitura de Juiz de Fora se posicionou oficialmente e garantiu que segue em investigação sobre o caso para descobrir o que levou a equipe de profissionais da UBS do Bairro Santa Cruz a trocar os imunizantes. Na nota, o governo municipal ainda chegou a afirmar que essa vacinação equivocada não representa riscos ao público envolvido. Confira na íntegra o posicionamento oficial:

A Prefeitura de Juiz de Fora vem relatar situação identificada pela Secretaria de Saúde (SS).

Nesta manhã do dia 6 de janeiro, na Unidade Básica de Saúde de Santa Cruz, 60 pessoas que procuravam a vacinação contra a Covid-19 foram, equivocadamente, imunizadas com a vacina pentavalente, que garante proteção contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, bactéria haemophilus influenza tipo B. Constatado o erro, a SS buscou contato com todas as pessoas vítimas desse equívoco para que recebessem o imunizante contra a Covid.

A Secretaria de Saúde esclarece, além disso, que não há nenhum problema de compatibilidade entre as vacinas aplicadas, e, portanto, nenhum risco à saúde das pessoas que tenham recebido os dois imunizantes.

O erro técnico constatado é, nesse momento, alvo de investigação administrativa.

60 pessoas tomam vacina errada em Juiz de Fora, em Minas Gerais(Imagem: Ha4ipuri/envato)

O incidente lembra um acontecimento bem semelhante, de abril do ano passado: 46 pessoas, incluindo crianças, tomaram vacina contra covid-19 por engano na cidade de Itirapina (SP). Nesse caso, eles esperavam tomar uma dose de vacina contra a gripe (influenza).

Fonte: Prefeitura de Juiz de Fora (MG)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.