Virgínia é o primeiro estado americano a legalizar entregas com robôs

Por Redação | 02 de Março de 2017 às 17h55

A automação robótica deu mais um passo importante na última sexta-feira (24) com a regulamentação do uso de robôs para entregas de pacotes e correspondências pela Virgínia, nos Estados Unidos.

O estado americano é o primeiro do país a autorizar que robôs autônomos trafeguem por calçadas e vias públicas carregando entregas. A lei assinada por Terry McAuliffe, governador da Virgína, começará a valer a partir do dia 1 de julho.

A legislação foi elaborada em parceria com a startup estoniana Starship Technologies, especializada em entregas usando robôs terrestres.

As novas regras estabelecem que os robôs que circularão pelas vias do estado deverão ter até 22 kg e não poderão trafegar em velocidades superiores a 16 km/h. Além disso, a empresa responsável pelo robô também será obrigada a monitorar a entrega em tempo real durante todo o trajeto.

A lei assinada faz ainda previsões para possíveis mudanças nas regras caso novos problemas surjam quando os robôs começarem a rodar oficialmente. Uma dessas possibilidades é a reação negativa de cachorros e outros animais domésticos poderão ter aos "carteiros robóticos".

A iniciativa, no entanto, já recebeu o apoio de empresas como Amazon e Grubhub. Com a nova lei, as startups Marble e Dispatch, ambas do setor de entregas autônomas, também mostraram interesse em começar a operar no estado.

Além da Virgínia, os estados americanos da Flórida e Idaho devem passar legislações semelhantes em breve.

Via: Recode, Engadget

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.