Uber utiliza robô segurança em estacionamento

Por Redação | 06 de Julho de 2016 às 12h15

Se você por um acaso estiver no estacionamento do Uber em San Francisco, nos Estados Unidos, e se deparar com o robô da imagem, não se preocupe, a invasão Dalek não está começando (ainda). Esse é o K5, uma máquina fabricada pela startup Knightscope que faz às vezes de segurança da instalação, registrando tudo o que acontece na entrada e saída de veículos da empresa de transportes.

Com 1,5m de altura, o K5 possui câmeras de alta resolução capazes de filmar em 360 graus, além de capacidades térmicas e detectores de clima. Além disso, ela também “enxerga” na escuridão completa e é capaz de detectar gente se movendo entre os carros por meio de um sistema a laser. Quatro microfones captam o áudio dos arredores, e os sensores também são capazes de reconhecer rostos e placas dos veículos estacionados.

O Uber possui uma dupla de robôs que patrulham seu estacionamento 24 horas por dia, sete dias por semana, em dois turnos – enquanto um está recarregando, o outro está na ativa. Ambos são inteiramente conectados ao sistema de segurança do local, reconhecendo funcionários e prestadores de serviço, enquanto fica alerta para estranhos e desconhecidos.

No caso de detecção de atitude suspeita, entretanto, o K5 não é capaz de desintegrar ninguém, ou nem mesmo usar armas como tasers. Ao perceber que algo está acontecendo, o robô se aproxima da situação e começa a gravar, além de soar um alarme e emitir alertas para os seguranças humanos presentes no local, de forma que eles venham verificar.

Para o Uber, a adoção dos robôs tem custos abaixo dos que teriam que pagar caso contratassem guardas reais para turnos sequenciais. De acordo com as estimativas da empresa, isso custaria de US$ 25 a US$ 35, enquanto o aluguel do K5 é de US$ 7 a hora. Uma má notícia para quem achava que o tempo em que as máquinas roubavam os trabalhos dos seres humanos já haviam ficado para trás.

O Uber não é a única companhia a utilizar o robô segurança. De acordo com a Knightscope, sua máquina também é utilizada por shoppings, campus de universidades, centros de logística e data centers do Vale do Silício e arredores. Uma hashtag no Instagram, #securityrobot, mostra os diversos locais em que o K5 é visto durante a função de seus deveres.

Fonte: Fusion