Olimpíada Brasileira de Robótica abre inscrições até dia 18 de maio

Por Wagner Wakka | 10 de Maio de 2018 às 12h53
KirillM/Depositphotos

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) de 2018 está com inscrições abertas até 18 de maio para alunos matriculados em escolas do Ensino Fundamental, Médio e Técnico. Esta é a décima edição do evento que conta com coordenação nacional pela Universidade Federal de São Carlos. A inscrição é totalmente gratuita e pode ser feita pelo site oficial da OBR.

Os alunos podem competir em duas modalidades. A primeira é a teórica, em que é preciso mostrar conhecimentos específicos de robótica em prova realizada diretamente na escola do estudante. A primeira fase acontece no dia 8 de junho. Caso o aluno seja selecionado para a segunda fase, precisa passar por uma segunda avaliação nas sedes regionais da OBR. As provas incluem conteúdos do Ensino Fundamental e Médio na resolução de problemas práticos do dia a dia, a partir da robótica, e são elaboradas por uma comissão de professores.

Há ainda a modalidade prática, que exige a produção de acordo com um desafio: “considerando a simulação de um desastre natural, as equipes de até quatro alunos recebem a missão de construir um robô completamente autônomo, ou seja, sem controle remoto, capaz de navegar por um terreno acidentado, localizar vítimas e resgatá-las”, descreve a nota oficial da OBR. Os alunos passarão por etapas regionais, estaduais e nacional, esta que acontecerá em novembro em João Pessoa, Paraíba.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Este ano, também poderão participar alunos entre os 1º e 3º anos do Ensino Fundamental em uma modalidade chamada “nível zero”. Até então, apenas alunos a partir do 4º ano do Ensino Fundamental podiam participar da OBR. A proposta é estimular a robótica desde cedo nos alunos.

“A robótica tem um caráter multidisciplinar que beneficia diversas áreas do conhecimento, além de naturalmente promover o trabalho em equipe e a cooperação. Assim, a OBR convida os estudantes a se aproximarem da arte de desenvolver tecnologia, ao invés de serem apenas usuários dela”, diz Tatiana Pazelli, docente do Departamento de Engenharia Elétrica da UFSCar e coordenadora geral da OBR.

O evento tem apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e de diversas instituições de todo o Brasil, bem como universidades e órgãos públicos.  

Fonte: OBR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.