Especialista do Facebook prevê evolução da Inteligência Artificial

Especialista do Facebook prevê evolução da Inteligência Artificial

Por Redação | 05 de Agosto de 2016 às 17h32

Há muito tempo que as possibilidades da Inteligência Artificial ocupam as nossas mentes, nos levando a projetar um futuro bastante conhecido em filmes de ficção científica. Mas quais são os avanços reais que esta tecnologia vai nos oferecer nos próximos 10 anos? A pergunta foi colocada no fórum de compartilhamento de conhecimento Quora e ninguém menos do que o diretor de pesquisas sobre inteligência artificial do Facebook, Yann LeCun, a respondeu.

Para o especialista, os avanços se estenderão para diversas áreas, como aprendizado aprofundado, combinado com compreensão e planejamento; redes de memória e computação neural; "programação diferenciável" – conceito que vê um programa ou circuito como um gráfico de módulos diferenciáveis que podem ser treinados via retropropagação, permitindo não apenas aprender padrões mas também a produzir algoritmos; planejamento hierárquico e reforço de aprendizado hierárquico; modelos com aprendizagem preditiva sem supervisão, por exemplo, por vídeo.

"Se avanços como estes forem concretizados nos próximos anos, poderemos testemunhar o surgimento de robôs com inteligência artificial capazes de formular diálogos, responder perguntas, planejamento, entre outras funções complexas", explica LeCun.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Métodos de aprendizado preditivo serão o eixo principal desta tecnologia no futuro. "Isso vai permitir que as máquinas aprendam como o mundo funciona por meio de vídeos, textos e outros meios, sem a necessidade de inserção de informação por agentes humanos", prevê o especialista.

Chegar nesse estágio permitiria que robôs aprendessem o suficiente para ter um "senso comum" do nosso mundo e da forma como vivemos. Se será na próxima década ou no final desse século, ainda não sabemos, mas sem dúvidas estamos na direção de realizar o que até hoje só é visto na ficção.

Fonte: Quora

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.