Empresas de logística chinesas utilizam robôs para realizar entregas

Por Redação | 10 de Novembro de 2017 às 19h35
photo_camera divulgação

O Dia dos Solteiros, uma espécie de comemoração anual que celebra a solteirice e aquece o mercado, se aproxima na China e com ele um pico na já crescente demanda de entregas de encomendas. Para lidar com essa procura em constante crescimento, as empresas de entregas e logística chinesas já testam robôs entregadores.

A utilização dos robôs tem se mostrado crucial para que as companhias de entregas consigam manter o ritmo de crescimento sem reduzir as margens de lucro. Há tempos, essas companhias têm se utilizado de robôs para facilitar o trabalho interno nos estoques e galpões.

Entretanto, os estudantes da Universidade de Renmin (Pequim) já recebem suas encomendas através dos entregadores robóticos da jd.com, uma gigante asiática das vendas online, que se locomovem entre as multidões para realizar entregas em mãos.

O uso de robôs em atividades de logística não é algo recente. A Amazon já utiliza robôs desde 2014 dentro de seus armazéns. Os executivos das empresas chinesas, como Johnny Chou, presidente e fundador da empresa de entregas BEST, prometem ultrapassar a concorrente americana, tanto na robotização interna como na entrega em mãos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Segundo Chou, a adoção de robôs por parte das empresas chinesas é extremamente rápida, por conta da economia crescente e da competição no mercado interno chinês.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.