Conheça o robô que nunca perde uma disputa de pedra, papel e tesoura

Por Redação | 24.11.2015 às 08:35
photo_camera Reprodução/YouTube

A brincadeira pedra, papel e tesoura provavelmente deve lembrar alguns momentos de sua infância e você não deve fazer a menor ideia de qual a proporção de vitórias e derrotas nos desafios contra os amigos da rua ou da escola. Mas o robô japonês Janken (nome do jogo em japonês) pode se gabar de jamais ter perdido um duelo deste tipo.

Desenvolvido pelo Ishikawa Watanabe Laboratory, em Tóquio, Japão, o braço mecânico conta com três dedos e é capaz de predizer o movimento a ser realizado pelo ser humano e fazer a sua movimentação cerca de 1 milissegundo antes disso. Assim, ele mantém um cartel de vitórias invejável com 100% de aproveitamento.

Esta é a terceira e mais aprimorada versão da máquina. O modelo 1.0 era capaz de realizar ações cerca de 20 milissegundos após um ser humano realizar o seu movimento. Na segunda versão, ele já era capaz de vencer 100% das vezes, mas optava por pedra, papel ou tesoura ao mesmo tempo que o oponente humano.

Agora, ele identifica o movimento a ser realizado antes mesmo do adversário revelar a sua escolha, o que torna seu trabalho ainda mais fácil. Isso é possível graças aos sistemas de rastreamento, movimento e visualização de alta velocidade com os quais o robô é equipado.

O objetivo dos estudos do laboratório nipônico é criar sistemas de cooperação entre máquinas e seres humanos sem atraso de tempo, o que pode ser aplicado em linhas de produção controladas à distância, por exemplo.

Fonte: Ishikawa Watanabe Laboratory