TOTVS anuncia crescimento de 3% de receita líquida em 2015

Por Redação | 18.03.2016 às 11:01

Nesta semana a TOTVS divulgou seu balanço financeiro de 2015, revelando que fechou o ano passado com aumento de 3% em sua receita líquida, batendo a marca dos R$ 2,2 bilhões. Esse é o primeiro balanço divulgado pela companhia que atua no desenvolvimento de soluções de negócios no Brasil e no restante da América Latina após sua reorganização societária com a Bematech, cuja conclusão ocorreu em outubro de 2015.

Com a Bematech, a TOTVS se tornou o maior provedor de soluções de negócios para o varejo brasileiro, segmento que atingiu R$ 535,3 milhões de faturamento e representa 24% da receita total pró-forma. Esses números fazem com que a representatividade do varejo no Brasil se iguale à do setor de manufatura, que, tradicionalmente, é o mais representativo.

O setor de serviços também sentiu impacto positivo com a união das companhias, passando a representar 15% da receita da corporação em 2015. Enquanto isso, os setores de distribuição/logística e financial services cresceram 7% e 8%, respectivamente.

Segundo a companhia, tamanho crescimento se deu principalmente por conta da adoção do modelo de assinatura de software. O aumento nos lucros também foi impactado pela maior participação das vendas a clientes de médio e pequeno porte, especialmente na modalidade TOTVS Intera, na qual o cliente define e gerencia quantas identidades estarão habilitadas para ter acesso aos softwares de gestão, produtividade e colaboração fornecidos pela companhia. Esse modelo também permite que o cliente utilize as soluções em qualquer nuvem homologada pela fornecedora.

Sobre os resultados positivos, Laércio Cosentino (CEO da companhia) declarou que "em 2015, a agenda positiva dos anos anteriores teve de ser reprogramada para que fosse possível viver o atual momento sem desistir da grande oportunidade de negócios ainda presente no Brasil. Com este espírito, a TOTVS realizou os ajustes necessários em sua estrutura para manter o equilíbrio entre receita e despesa e reavaliou suas provisões como resultado do continuo monitoramento e controle de riscos. Além disso, demos um passo importante com a aquisição da Bematech e mantivemos investimentos em tecnologia, sistemas e clientes de forma seletiva, em especial no último trimestre, com objetivo de entrar em 2016 com força total”.