TIM tem perda de receita e fecha ano com queda de 20% no lucro

Por Redação | 05 de Fevereiro de 2016 às 11h39

A TIM anunciou na noite desta quinta-feira (4) seus resultados financeiros para o ano de 2015, que mostraram uma queda de receitas e lucros puxada pelo cenário de "tempestade perfeita no setor e no país", como avaliou o CEO da companhia, Rodrigo Abreu, em uma conferência na manhã desta sexta (05).

A receita líquida total da organização caiu 12,1% no ano, atingindo a marca de R$ 17,139 bilhões. Excluindo a venda de torres, o lucro líquido orgânico caiu em 20%, fechando o ano na marca de R$ 1,23 bilhão. O EBITDA caiu 2,6% no ano, chegando a R$ 5,4 bilhões.

Na área de serviços, a receita líquida da empresa caiu em 5,8%, para R$ 15,3 bilhões. A receita líquida inovativa, por outro lado, aumentou em 35%, atingindo R$ 4,68 bilhões. A receita líquida fixa também viu um aumento de 14,1%, atingindo R$ 660 milhões. Na base de clientes, a retração foi de 9,5 milhões de usuários no último ano, fechando 2015 com 66 milhões de clientes;

Entre os avanços, a empresa destaca o crescimento do uso de dados frente à voz em 2015. Dados seguem o caminho para se tornar a maior receita da companhia e tiveram uma receita 17% maior neste ano, atingindo R$ 7,74 milhões - ou 38% das receitas de serviços móveis da empresa, um aumento de 7% em comparação com o ano anterior. De acordo com a operadora, 48% da sua base de clientes já utiliza serviços de dados.

Em interconexão de voz, houve um declínio de 39,9% com os ganhos, que atingiram R$ 1,58 bilhão no ano. A expectativa é que os dados superem as receitas de voz em algum momento neste ano.

Para 2016, a empresa espera um ano difícil, mas aposta em seu plano de eficiência operacional para cortar custos. Neste ano, a TIM já reduziu custos de operação em 16% e espera cortar outro R$ 1 bilhão até 2017.

"Esperamos um ano ainda difícil, porém com uma virada de crescimento devido ao aumento continuado da receita de dados, que passam a ser nossa maior receita durante o ano", afirmou Abreu no comunicado dos resultados.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.