TIM registra crescimento de 51% no lucro líquido no terceiro trimestre

Por Redação | 08 de Novembro de 2017 às 11h52

A TIM apresentou nesta quarta-feira (8) os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2017. A empresa obteve crescimento de receita em todas as áreas de seu negócio, além de um aumento na base de clientes, incluindo nos planos pós-pago. Ao todo, somente no terceiro trimestre de 2017, foram adicionados 17 milhões de usuários apenas aos planos pós-pago, graças a adição líquida de quase dois milhões de novos clientes que vêm aumentando ao longo deste ano. Os usuários pós-pagos respondem por 28% do total de usuários da empresa.

Este é o sétimo trimestre consecutivo que a operadora registra aumento na receita média por usuário (ARPU), com aumento de 11,4% comparativo ano a ano. A receita líquida de serviços móveis continua a crescer, com aumento de 5,8% no terceiro trimestre do ano, estimulada graças à receita de dados, que somou um crescimento considerável de 40,5% em comparação com o ano anterior. Na receita líquida de serviços fixos e residenciais (que inclui o TIM Live), o aumento foi de 7%. Analisando apenas o TIM Live, o número de clientes saltou de 299 mil para 376 mil neste último ano, enquanto que a receita saltou 54%.

Todos os aumentos em receitas geraram um lucro líquido para a empresa de R$ 279 milhões, um crescimento de 51,6% em relação ao terceiro trimestre de 2016. O número também indica um crescimento de 17,2% do EBITDA, que atinge a margem de 37,4%.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"A nossa estratégia de negócios é assertiva e consolida à evolução dos resultados financeiros e operacionais", explica o CEO da TIM, Stefano de Angelis. "Novamente, apresentamos um balanço trimestral com aceleração das receitas, uma excelente performance do EBITDA e um expressivo crescimento da nossa base de clientes de valor", afirmou. Stefano declarou, ainda, que o "foco da companhia está na experiência do consumidor, que será cada vez mais fortalecida com ofertas diferenciadas e digitalização do relacionamento com o cliente".

Outro destaque da operadora é a cobertura 4G, que alcançou 2.401 cidades, respondendo por 86% da população urbana do país. Cerca de 90% do capex total é direcionado a infraestrutura para suportar a crescente demanda de dados, o que, para a TIM, é uma das estratégias responsáveis pelo crescimento da cobertura LTE no Brasil. Além disso, a expansão da faixa de 700 MHz e o pioneirismo na utilização da faixa de 1.800 MHz no 4G contribuem para o aumento da cobertura e, consequentemente, de novos consumidores de 4G, que somam 24,8 milhões.

Fonte: TIM

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.