Switch vende 2,9 milhões de unidades e alavanca resultados da Nintendo

Por Redação | 30 de Outubro de 2017 às 10h18
photo_camera Divulgação
TUDO SOBRE

Nintendo

Os executivos da Nintendo iniciaram esta semana cheios de sorrisos. A empresa anunciou resultados financeiros mais do que positivos para o segundo trimestre do atual ano fiscal, entre os meses de julho e setembro, com vendas de 2,9 milhões de unidades do Switch. Isso, junto com os mais de 22 milhões de games comercializados nos últimos seis meses, levou a companhia a resultados bem acima do esperado e em um aumento significativo nas expectativas para o período.

O faturamento total nos últimos três meses foi de US$ 1,9 bilhão, acima dos US$ 1,5 bilhão que eram esperados pelas estimativas do mercado. O mesmo vale para os lucros da Nintendo, que foram registrados em US$ 200 milhões, acima do que era aguardado até mesmo pela própria companhia, cujas perspectivas caminhavam na casa dos US$ 170 milhões.

A recepção incrivelmente forte a seu mais recente console de mesa levou a um crescimento na expectativa de números para o atual ano fiscal. Antes, a companhia acreditava que iria vender 10 milhões de unidades do console até março, mas agora espera que esse total seja de 14 milhões, levando também a um aumento de 28% nas vendas gerais, entre videogames e jogos, e um lucro de US$ 1,05 bilhão, 84% acima dos números divulgados originalmente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Títulos de peso também contribuíram significativamente para o resultado. Desde o lançamento do Switch, em março, 4,7 milhões de unidades de The Legend of Zelda: Breath of the Wild já foram vendidas, juntamente com 4,42 milhões do relançamento Mario Kart 8 Deluxe. São os dois maiores jogos da plataforma e posicionados bem à frente do terceiro colocado, Splatoon 2, com 3,61 milhões. 1-2-Switch (1,37 milhão) e ARMS (1,35 milhão) completam a lista.

Nem parece a empresa que, há apenas dois anos, lutava para se manter de pé diante devido às baixas vendas do Wii U, anunciando esforços de chegada aos smartphones como parte de uma reorganização para retorno dos lucros. Falando nele, aliás, o Switch, se continuar com esse ritmo de crescimento, deve ultrapassar o total de vendas de seu antecessor, de apenas 13,9 milhões, somente em seu primeiro ano.

Quanto ao mundo mobile, ele também foi citado pela Nintendo como grande contribuidor para os resultados. Nomes como Super Mario Run e Fire Emblem Heroes já teriam trazido mais de US$ 160 milhões para os cofres da companhia, devido à estratégia amplamente baseada em microtransações, gerando um crescimento de 426% nesse segmento. O próximo lançamento a chegar aos celulares é Animal Crossing: Pocket Camp, ainda neste fim de ano.

Com tudo isso, é claro que os sorrisos dos executivos da Nintendo se refletiram nos semblantes de investidores. Apenas nas horas que se seguiram à divulgação dos resultados financeiros, os papéis da companhia acumularam um crescimento de mais de 2%, e, no total anual, já chegaram a uma valorização de 74%.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.