Snapchat surpreende analistas e fecha 2016 em alta

Por Redação | 02 de Fevereiro de 2017 às 20h27

Para uns, o Snapchat não morreu. Para outros, o serviço perdeu espaço para os gigantes que copiaram suas principais características. Pelo que a empresa deixou vazar hoje, as contas vão muito bem, apesar do crescimento lento na base de usuários do serviço.

De acordo com uma fonte anônima, que repassou a informação ao The Information, o Snapchat bateu a marca de 160 milhões de usuários diários, ficando acima dos 130 milhões que marcaram o fechamento do primeiro trimestre de 2016 e dos 150 milhões que a Bloomberg relatou em junho. Houve uma notória queda no crescimento de novos usuários no segundo semestre do último ano, o que pode ter ocorrido, em parte, devido à ascensão do Instagram com seu modo Stories, nitidamente inspirado no Snapchat.

Já a receita atingiu US$ 400 milhões em 2016, e ficou alinhada às expectativas dos analistas. Inclusive, a equipe da rede social previa apenas US$ 350 milhões e receita, e os números mostram que a empresa está conseguindo extrair bons resultados de sua base de usuários praticamente estabilizada.

Pouco após a revelação da fonte, a Snap registrou seu IPO e revelou números oficiais bem próximos ao que foi relatado à publicação: US$ 158 milhões de usuários diários e US$ 404 milhões em receita em 2016.

Segurando firme

Para sobreviver no mercado, o Snapchat recorreu a recursos que certamente fizeram a diferença no fechamento do ano passado: mensagens privadas, transmissão de eventos pelo Stories e a aba Discover, que traz conteúdo diferenciado. Juntas, as novas funções da rede social de vídeos e fotos efêmeras conseguiram fazer com que os usuários interagissem mais com a plataforma.

No entanto, o tempo médio do usuário no Snapchat reduziu significativamente do início de 2016 até hoje. Depois que o modo Stories inundou o Instagram e tornou a concorrência mais acirrada, a rede social perdeu o equivalente a 25% do tempo médio por usuário no app. Segundo a Bloomberg, o que ainda segura os usuários na plataforma é um comportamento cada vez comum: entrar no aplicativo, usar os geofilters característicos da rede social e postar algumas fotos no Memories.

Com informações de: The Information, Bloomberg, BuzzFeed

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.