Snap apresenta receitas bem acima das expectativas no último trimestre de 2018

Por Rafael Rodrigues da Silva | 05 de Fevereiro de 2019 às 21h50
Tudo sobre

Snapchat

Saiba tudo sobre Snapchat

Ver mais

Nesta terça-feira (5) a Snap Inc. (empresa que criou o Snapchat) divulgou o resultado financeiro de seu quarto trimestre de 2018 (período entre outubro e dezembro) com números incrivelmente positivos, pois o Snapchat não apenas não está mais perdendo usuários, como ainda a receita gerada no período foi superior às expectativas dos analistas.

Pela primeira vez desde o início de 2018, a empresa não registrou uma queda no número de usuários diários ativos, mantendo-se com os mesmos 186 milhões do trimestre anterior. O pico de usuários diários da empresa em 2018 foi de 191 milhões no final do primeiro trimestre, em março.

Já em receitas, a empresa arrecadou um total de U$ 390 milhões no período, um aumento de 36% em relação ao período anterior, e acima das expectativas de U$ 378 milhões dos acionistas. Apesar do crescimento, a empresa ainda está operando no negativo, e terminou o trimestre com um prejuízo de de U$ 192 milhões.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Em em comunicado para a imprensa, a Snap Inc. disse que os resultados do novo app para Android são promissores, principalmente em aparelhos mais básicos, e que deverá diminuir em 20% o tempo necessário para se iniciar o Snapchat. Os analistas acreditam que melhorar o app para Android é o primeiro passo para a recuperação da empresa, pois poderá ajudar a aumentar a quantidade de usuários em países menos desenvolvidos, já que, hoje, 75% de toda a base de usuários do aplicativo estão na América do Norte e na Europa.

Em comunicado para os acionistas, o CEO da Snap, Evan Spiegel, afirmou que a empresa está cada vez mais próxima de operar no lucro, e que a manutenção de um custo operacional relativamente baixo durante todo o ano permitiu que a empresa tivesse um crescimento de 43% em 2018. Spiegel ainda lembrou que, hoje, existem cerca de 2 bilhões de usuários de Android que ainda não utilizam o Snapchat, e se o redesign do Snapchat para o sistema conseguir garantir que apenas uma pequena porcentagem desse público comece a utilizar o aplicativo, isso já será o suficiente para que a empresa deixe de operar no prejuízo e passe a dar lucro.

Fonte: Venture Beat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.