Resultados financeiros da Samsung não foram comprometidos pelo Note 7 — ainda

Por Redação | 06.10.2016 às 23:33 - atualizado em 07.10.2016 às 02:01

Depois de tantos incidentes envolvendo o Galaxy Note 7 e suas fumaças, queimaduras e explosões, muito se fala a respeito do planejamento da Samsung quanto à sua imagem perante o mercado. E parece que a empresa está confiante nos resultados financeiros para o fechamento do terceiro trimestre.

A gigante revelou nesta quinta-feira (6) que espera ver lucros operacionais durante o período, com previsão para US$ 6,9 bilhões — o que remete a um discreto aumento de 5% se comparado ao mesmo período do ano passado. As expectativas estão no mesmo caminho dos US$ 6,8 bilhões esperados pelos analistas de mercado da Thomson Reuters.

A empresa ainda espera ver um recorde de receita de aproximadamente 45 bilhões de dólares. Mas as expectativas, que saíram hoje na mídia, não mostraram nada a respeito de resultados por divisões operacionais específicas.

Essas previsões, no entanto, não incluem o dispositivo mais problemático da história da companhia, o Galaxy Note 7, e seu recente processo de recall. Como todo esse alvoroço ocorreu recentemente (de aproximadamente um mês até hoje), os prováveis prejuízos relacionados às manobras para conter as explosões e potenciais danos ainda não entraram na conta da Samsung.

A empresa afirmou que meio milhão de dispositivos voltou para o recall. Sendo assim, os analistas esperam que a iniciativa custe aproximadamente 5 bilhões de dólares a seus cofres, tanto por vendas perdidas quanto por outras despesas envolvidas.

Vamos aguardar para ver os resultados do quarto trimestre.

Via Cnet