Receita da Huawei cresce 30% no primeiro semestre de 2015

Por Redação | 20.07.2015 às 12:31

Nesta segunda-feira (20), a gigante chinesa das telecomunicações reportou um aumento de 30% nas suas receitas durante os seis primeiros meses do ano, impulsionada por sólidas vendas de smartphones. A receita da empresa subiu para 175,9 bilhões de yuan (cerca de US$ 28,3 bilhões).

A Huawei é a terceira maior vendedora de smartphones da China, atrás apenas da Apple e da Xiaomi. A empresa também é uma das maiores fabricantes de equipamentos de telecomunicação do mundo, competindo com a sueca Ericsson pela liderança do mercado global de torres de comunicação e outras infraestruturas.

A taxa de crescimento de 30% é a maior registrada desde que a Huawei começou a divulgar seus ganhos semestrais em 2011. A última vez que a empresa apresentou um crescimento comparável foi em 2008, quando sua receita anual de vendas aumentou em um terço na relação anual. A margem operacional da companhia nos seis primeiros meses de 2015 foi de 18,1%, em comparação com 18,3% no mesmo período do ano passado.

Meng Wanzhou, diretora financeira da Huawei, disse: "No primeiro semestre de 2015, a Huawei obteve um crescimento estável e saudável em todos os seus três segmentos de negócios". Em 2014, a divisão de smartphones da Huawei foi a que teve crescimento mais rápido, com 32% de expansão de vendas naquele ano.

A empresa deve anunciar oficialmente mais detalhes sobre suas vendas de smartphones deste ano no final desta semana. Porém, o Financial Times teve acesso a um memorando interno da Huawei nesta segunda-feira (20) e descobriu que as vendas de smartphones ultrapassaram a marca de 10 milhões por mês a partir de maio.

"Estamos confiantes de que vamos manter o crescimento eficaz e desenvolvimento estável em todos os segmentos de negócios em 2015", disse Meng Wanzhou.