Na surdina, Amazon publica seu relatório de transparência; veja números

Por Felipe Ribeiro | 31 de Janeiro de 2020 às 13h40
shutterstock
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

Depois de obter um ano com lucros enormes, a Amazon segue com a divulgação de resultados em outras áreas. Dessa vez, a gigante do varejo, bem discretamente, detalhou seu desempenho no número de ocorrências e demandas do governo, como intimações, processos e demais ordens judiciais. O chamado Relatório de Transparência, que é referente aos primeiros seis meses de 2019, mostra que a empresa teve queda de 4% nessas chamadas.

A Amazon disse que recebeu 1.841 intimações, 440 mandados de busca e 114 outras ordens judiciais de dados do usuário - como seus dispositivos Echo e Fire - ao fim dos primeiros seis meses de 2019. A divisão de cloud computing da empresa, a Amazon Web Services, também viu um declínio no número de demandas por dados armazenados pelos clientes, uma queda de cerca de 10%.

O relatório de transparência semestral da Amazon é considerado uma das leituras mais leves - e vagas, para alguns - dos números de qualquer empresa no setor de tecnologia. Com apenas três páginas, a empresa passa a maior parte do tempo explicando como responde a cada tipo de demanda legal ao invés de se aprofundar nos números.

A divisão de câmeras inteligentes da empresa, a Ring, que enfrentou fortes críticas por suas práticas inadequadas de segurança e seu relacionamento com a polícia, ainda não divulgou seus próprios números de demanda de dados, o que poderia mexer neste declínio das ocorrências.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.