Microsoft tem receita 22% superior a 2020 e pode bater valor de mercado da Apple

Microsoft tem receita 22% superior a 2020 e pode bater valor de mercado da Apple

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 28 de Outubro de 2021 às 13h20
Unsplash/Matthew Manuel

Com valor de mercado de US$ 2,40 trilhões (R$ 13,4 trilhões), a Microsoft está a menos de US$ 60 bilhões (R$ 334,2 bilhões) de ultrapassar a Apple — cujo valor atinge US$ 2,46 trilhões (R$ 13,7 trilhões). É a primeira vez que isso acontece desde maio de 2020 e a estimativa tem como base um ganho de 3,1% nas ações.

O aumento no preço dos títulos veio com uma estimativa de que os resultados da companhia seriam positivos pela 11ª vez consecutiva. E isso se confirmou: a receita informada nos resultados da companhia foi de US$ 43,97 bilhões (R$ 244,9 bilhões). O lucro foi de US$ 20,5 bilhões (R$ 114,2 bilhões), um aumento de 48%.

Com isso, o crescimento foi de quase 22% em um ano. Além disso, esse é o maior percentual de expansão desde 2018. “Manter crescimento de 22% na receita a uma taxa de execução de mais de US$ 180 bilhões (R$ 1 trilhão) demonstra o posicionamento sólido de todo o portfólio”, diz Keith Weiss, analista do Morgan Stanley. A aposta em bons resultados em todas as áreas fez os analistas aumentarem suas metas de preços.

Imagem: Reprodução/Unsplash/Nicholas Cappello

A Microsoft negocia com prêmio de 20% no Índice Nasdaq 100 de alta tecnologia, mesmo sem ter batido a Apple na corrida pelo valor de mercado desde julho de 2020, desde que a fabricante do iPhone ultrapassou a Saudi Aramco e chegou ao primeiro lugar.

Os resultados do quarto trimestre da Apple, que saem nesta quinta-feira (28), podem ser o próximo catalisador da disputa. Os analistas destacam que os cortes nas metas de produção do iPhone 13 para 2021 podem ser um possível impacto no período.

Fonte: Yahoo! Finance

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.