HTC amarga seu pior mês de vendas em julho desde 2003

Por Wagner Wakka | 08 de Agosto de 2018 às 15h48
TUDO SOBRE

HTC

Depois de acumular prejuízo no começo do ano, a HTC divulgou mais uma vez uma grande perda no segundo trimestre de 2018. Ao todo, a empresa teve prejuízo líquido de NT$ 2,09 bilhões (New Taiwan, a moeda local), o que equivale a aproximadamente US$ 68 milhões de dólares. Em termos de receita, a empresa fechou o trimestre com NT$ 6,8 bilhões (~US$ 222 milhões), trabalhando com uma margem operacional de - 50,7%.

Na divisão mensal, a empresa teve o seu pior mês desde agosto de 2003, segundo o site Android Central. Em julho deste ano, a HTC vendeu o equivalente a NT$ 1,4 bilhão (~US$ 45 milhões) o que foi 37,23% menos que o mês anterior e uma marca 77,41% menor que o mesmo período do ano passado.

Na somatória do ano, a empresa fechou os primeiros sete meses com quase metade da receita de 2017: foi 53,98% menor em um ano. A vantagem da HTC é que 2018 ainda está no positivo, graças à Google. Em janeiro deste ano, a gigante fez um acordo com a HTC para a compra de mão de obra de 2 mil empregados da taiwanesa para a produção de um novo smartphone (espera-se que o Pixel 3). Com isso, a Google injetou US$ 1,1 bilhão na HTC, ajudando a segurar a empresa no azul em 2018, apesar dos resultados recentes.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Assim, a HTC fecha os primeiros sete meses com um lucro líquido de NT$ 19 bilhões (~US$ 622 milhões) e aumento de NT$ 23,19 por ação (~US$ 0,76).

Fonte: HTC, Android Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.