HP estabiliza vendas de PC, mas apresenta queda de lucro no segundo trimestre

Por Redação | 25 de Agosto de 2016 às 18h30

Apesar de ter estabilizado a queda nas vendas dos PCs, a HP fechou mais um trimestre em retração. O resultado financeiro negativo se deu pela queda significativa nas vendas de impressoras e acessórios, responsáveis por grande parte da renda da empresa.

Segundo relatório divulgado pela companhia, após cinco trimestres de declínio no faturamento, as vendas de computadores HP apresentaram alta de 4%, enquanto as impressoras caíram 14%, causando um impacto negativo de 5,4% nas ações da empresa. No entanto, o chefe executivo da HP Dion Weisler demonstrou confiança e satisfação com o resultado do segundo trimestre de 2016.

A empresa ocupa a segunda posição na fabricação de PCs, só com a Lenovo à sua frente. Com o aumento nas vendas de smartphones e tablets nos últimos meses, não apenas as duas, mas todo o mercado de computadores teve grande impacto em suas vendas.

A consultora de mercado Data Corp estimou um aumento de 5,1% nas entregas de computadores no último ano, apesar da queda de 4,5% no mercado global de PCs. Weisler observa que o foco em peças premium voltadas para PCs para games e modelos mais avançados contribuiu para o crescimento.

O mal resultado das impressoras, toners e cartuchos levou a empresa a mudar a sua estratégia. Desde junho, a HP vem adotando novas políticas de fabricação e fornecimento para os periféricos, bem como a divulgação de promoções voltadas para este mercado.

Analistas de mercado da RBC Capital Market classificaram o segundo trimestre como "sólido", mas já veem o terceiro como mais fraco do que o esperado. A HP não divulgou as previsões para o trimestre atual.

Fonte: WSJ

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.