Apesar de maior faturamento, lucro da Telefônica Brasil cai 36,4% em 2015

Por Redação | 26 de Fevereiro de 2016 às 13h45
photo_camera Corp Business

A Telefônica Brasil, companhia dona das operadoras de telefonia Vivo e GVT, apresentou na última quarta-feira (24) o relatório financeiro de 2015. Os números registraram um faturamento de R$ 42,133 bilhões em 2015, 4,8% a mais do que em 2014. Contudo, apesar da maior arrecadação, o lucro da companhia foi de R$ 3,330, 36,4% a menos do que o registrado no ano anterior.

No último trimestre de 2015, o lucro foi de R$ 1,114 bilhão, aumento de 28,2% em relação ao terceiro trimestre do último ano, mas 10,7% menor do que valor registrado no mesmo período de 2014. Pelo indicador Ebitda, os lucros da Telefônica Brasil antes de serem descontados juros, impostos, amortização e depreciação foram de R$ 12,714, 3,4% maior do que em 2014.

Ainda de acordo com o relatório divulgado pela filial brasileira da multinacional espanhola, o volume de dinheiro investido no ano passado também diminuiu: R$ 8,3 bilhões, valor 25,5% inferior ao montante investido em 2014. A quantidade de clientes da empresa sofreu redução de 6,3% e agora gira em torno da casa de 97 milhões de assinantes.

Ano positivo

Apesar das reduções do lucro e da base de clientes, a Telefônica Brasil destaca seu desempenho “num mercado em que a soma dos principais concorrentes apresentou uma queda estimada de 2,8%”. E os resultados superiores da empresa se devem mais ao setor móvel, que faturou R$ 25,1 bilhões entre janeiro e dezembro de 2015, um crescimento de 6,2% — juntas, as demais operadoras estimam uma redução de 9,1% do faturamento com a telefonia móvel. No fixo, o faturamento da Telefônica cresceu 2,7% e atingiu R$ 17 bilhões.

Fonte: Telefônica Brasil

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.