Xiaomi fatura mais no primeiro semestre de 2014 que em todo ano de 2013

Por Redação | 02.07.2014 às 13:45
photo_camera Divulgação

A empresa chinesa Xiaomi não para de crescer e está se tornando uma gigante da tecnologia na China, ultrapassando as próprias metas. A companhia anunciou hoje (02) que foi pioneira na “venda flash” no país com a venda de 26,11 milhões de smartphones apenas no primeiro semestre de 2014.

Segundo informações da GSM Arena, o valor representa um crescimento de 271% se comparado com o mesmo período do ano passado, além de significar que a venda de smartphones nos primeiros seis meses deste ano foi maior que as vendas durante todo o ano de 2013.

No ano passado a empresa vendeu 18,7 milhões de unidades, número muito superior ao de 2012, ano em que foram vendidos 7,19 milhões de smartphones, mostrando a tendência, ano a ano, de um grande crescimento da empresa.

Durante os seis meses iniciais de 2014 a companhia teve uma receita de CNY 33 bilhões (o que convertido em dólares seria algo perto de US$ 5,3 bilhões). O valor representa um grande crescimento se comparado ao período em 2013, com aumento de 149% de um ano para o outro. Isso mostra também que o faturamento até o momento em 2014 já é maior que toda a receita da empresa em 2013.

Com este crescimento vertiginoso, a meta imposta pela própria Xiaomi de vender 60 milhões de unidades em 2014 não parece tão inalcançável assim.

Uma pesquisa realizada recentemente na China mostrou que o Xiaomi MI-2s tem avançado para ultrapassar o Samsung Galaxy Note II como o smartphone mais popular do país. Outro dado relevante é que entre os Top 15 modelos de smartphones usados na China, oito são da Samsung e sete da Xiaomi.

Segundo uma pesquisa de mercado realizada em fevereiro, os modelos MI-3 e Redmi da Xiaomi aparecem entre os top 10 melhores smartphones vendidos.