Positivo apresenta vendas de mais de 700 mil dispositivos no terceiro trimestre

Por Redação | 11 de Novembro de 2014 às 16h11

A Positivo Informática apresentou nesta terça-feira (11) os resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre de 2014, com um volume de vendas de 665,5 mil PCs e tablets, das marcas Positivo e Positivo BGH, além da comercialização de 53,9 mil smartphones no período.

A empresa apresentou uma melhora nas vendas do varejo, após um primeiro semestre mais fraco em decorrência na maior demanda por TVs no período de Copa do Mundo. Segundo a companhia, o bom desempenho é resultado de uma procura maior do consumidor por hardware e um esforço comercial da entidade para crescimento da fatia de mercado nas redes.

Analisando as vendas no varejo, o crescimento foi de 7,2% em relação ao terceiro trimestre de 2013, atingindo a venda de 416, 9 mil PCs e tablets, sendo 337,1 mil computadores e 79,8 mil tablets. Nas unidades vendidas para o governo houve a entrega de 183,8 mil dispositivos no terceiro trimestre, sendo 80,4 mil computadores e tablets no Brasil - uma redução esperada devido o período eleitoral. Na Argentina, foram vendidos 103,3 mil netbooks voltados para projetos educacionais no país.

A venda para clientes corporativos teve um crescimento de 12,2% no período, saltando para 64,9 mil dispositivos. Entre estes, 41,5 mil são computadores e 23,5 mil são tablets. A empresa afirma que as vendas são equivalentes ao crescimento dos negócios tanto com clientes corporativos de grande porte, assim como pequenas e médias corporações que adquiriram novos hardwares. Um dos destaques do trimestre foi o crescimento de 74,2% das vendas de tablets destinados a instituições privadas de ensino.

No terceiro trimestre, a receita bruta da Positivo foi de R$ 595,3 milhões, enquanto a receita líquida ficou em R$ 534,3 milhões. O lucro bruto ficou em R$ 127,8 milhões, um crescimento de 17,4% se comparado com o mesmo período do ano passado. O período atual resultou um lucro líquido de R$ 13,5 milhões, revertendo o prejuízo líquido de R$ 18,9 milhões que foi registrado no terceiro trimestre de 2013.

A melhora dos resultados se deve ao processo de normalização do resultado operacional obtido no Brasil, assim como menores despesas financeiras e uma melhora na presença de mercado na Argentina. Para o quarto trimestre deste ano é esperado um aumento nas vendas de smartphones, tanto no varejo quanto na revenda, devido ao início da comercialização nas operadoras Oi e TIM.

O EBITDA Ajustado, considerando 50% do resultado da operação da joint venture da Positivo na Argentina, totalizou R$ 34,4 milhões no terceiro trimestre, apresentando um crescimento de 37,1% no ano.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.