Lucro da EMC cai 32% no primeiro trimestre do ano

Por Redação | 24 de Abril de 2014 às 11h34

A norte-americana EMC Corporation, maior fabricante de dispositivos de armazenamento do mundo, apresentou nesta quarta-feira (23) seus resultados financeiros relativos ao primeiro trimestre do ano fiscal de 2014.

Os resultados não foram agradáveis e a empresa teve uma queda de 52% no lucro trimestral em relação ao mesmo período do ano passado. Há um ano o lucro havia sido de US$ 580 milhões e agora caiu para US$ 392 milhões. Já o faturamento ficou em US$ 5,5 bilhões, um aumento de 2% em relação ao período correspondente em 2013.

O faturamento no mercado doméstico (EUA) correspondeu a 52% do total e se manteve estável durante o período. As vendas internacionais, por outro lado, aumentaram 3%, enquanto a divisão de infra-estrutura de informação apresentou uma queda de 3%.

De acordo com o TechRadar, a queda abrupta no lucro, apesar do pequeno aumento das vendas, também é um reflexo do aumento da concorrência no setor, que ainda teve uma redução nas vendas. Com isso, a companhia passou a focar em dispositivos de armazenamento em flash (como SSDs), substituindo máquinas de armazenamento por software e programas de análise de dados.

Em janeiro, a empresa também anunciou que estaria demitindo 1.000 funcionários, de um total de 60.000, como parte de um plano de reestruturação. Com os cortes, a empresa gastou entre US$ 100 milhões e US$ 120 milhões com indenizações e rescisões contratuais, o que também afetou seu lucro.

Segundo o chefe executivo de finanças da empresa, David Goulden, a EMC está em um momento importante, com oportunidades de expansão e mudança de foco para o armazenamento em flash. O executivo disse que, apesar do impacto negativo nas finanças nesse período, a empresa está no rumo certo.

A EMC também é a principal acionista da VMware, líder em virtualização de desktops, que teve um aumento de 14% em seu faturamento, passando para US$ 1,36 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Já o lucro ficou em US$ 241 milhões, 51% a mais do que o apresentado no mesmo período do ano passado.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.